Sábado, 15 Dezembro 2018

alcmin

Geraldo Alckmin, ou Chuchu como já foi chamado, com seu nariz de Pinóquio, que nos desculpe Carlo Collodi, Pinóquio era um boneco de madeira que queria ser um menino de verdade, assim é o Alckmin, nasceu para ser médico ou professor universitário, mas achou que seria mais bacana ser político. Enfim todos conhecem a história do Pinóquio, a do Geraldo nem tanto.

Entre as candidaturas colocadas na imensa crise em que vão ocorrer estas eleições parece que Alckmin pode se firmar, por contraditório que pareça, em base com o que há de mais pantanoso na política brasileira, o chamado Centrão, que só tem esse nome porque não tem definição na literatura política para dar a tal “grupo”. Alckmin é da cúpula do PSDB em São Paulo, tem o apoio de Fernando Henrique Cardoso que “privatizou” (entre aspas porque entregou mesmo) as principais empresas brasileiras para a iniciativa privada, dentre elas uma das maiores do mundo com um patrimônio incalculável, a Vale do Rio Doce, aquela que provocou o maior desastre ecológico do Brasil, já com o nome de Vale/Samarco, em novembro de 2015. Mais de cem processos foram impetrados na Justiça denunciando irregularidades nesta privatização. Em 2010, Gilmar Mendes (só podia ser ele), de uma tacada só suspendeu todos esses recursos no Supremo Tribunal de Federal.

Outra das grandes privatizadas por FHC foi a Telebrás, ela foi dividida em doze empresas e leiloada na Bolsa de Valores do Rio de Janeiro. O dinheiro arrecadado com as privatizações não melhorou em nada os serviços públicos, não gerou mais empregos, e quando gerou foram completamente precarizados. Na privatização da Telebrás também foram denunciadas várias irregularidades mas a Polícia Federal não quis investigar, o Ministério Público nada fez e a Justiça não fez nada. Em 2011 foi lançado um livro “A Privataria Tucana” do repórter Amaury Ribeiro Jr., que narra em detalhes as manobras e os verdadeiros beneficiados.

Para falar de Alkmin, como não há nada de pessoal, o correto é falar de fatos ligados a ele, da política de Alkmin, do PSDB, da direita, do entreguismo, da corrupção generalizada do capitalismo, da privataria que fez o PSDB no Brasil, mas especialmente em São Paulo:

Em 1998, a Eletropaulo foi vendida para o consórcio Lightgás, liderado pela AES Corporation, por R$ 2 bilhões - parte do valor financiado pelo BNDES. À frente da negociação, estava o governador Geraldo Alckmin, na época presidente do Programa Estadual de Desestatização (PED) do Governo Covas. Foi montada uma CPI que não deu em nada.

Em 2005, o governo Alckmin investiu pesado em obras no aeroporto Antônio Nogueira Junior, em Itanhaém, com 85 mil habitantes à época. Batizado de “aeroporto fantasma", o movimento médio de passageiros naquele ano não ultrapassou 5 pessoas por dia. O total gasto pelo governador na obra chegou a R$5,5 milhões, com direito a uma pista capaz de receber até mesmo um Boeing 737, como denunciava a Folha de São Paulo. Tentativa de investigações foram abafadas pelos tucanos.

Em 2008, documentos da Justiça suíça, enviados ao Ministério da Justiça do Brasil, evidenciavam o pagamento sistemático de propinas pela empresa francesa Alstom a políticos tucanos. Entre 1998 a 2001, o dinheiro foi repassado por empresas offshore (paraísos fiscais), em troca da assinatura de contratos no setor energético paulista. Resumindo: A multinacional francesa fechou um acordo na Justiça, aceitando pagar R$ 60 milhões para se livrar do processo e os tucanos estão soltinhos, soltinhos... Esse caso ficou conhecido como Trensalão.

Em novembro de 2009, três vigas de um viaduto em obras no trecho sul do Rodoanel caíram sobre a Rodovia Régis Bittencourt, na cidade de Embu. Já haviam denúncias de superfaturamento da obra. Foi feito um laudo que constatou que estavam usando menos material que o necessário para as construções e que José Serra tinha pressa nas inaugurações porque 2010 era ano de eleições. No fim o TCU aceitou as explicações tucanas e ficou por isso mesmo.

Em 2010, com a Operação Castelo de Areia, a PF encontrou um pen drive e documentos durante as investigações feitas na Construtora Camargo Corrêa, que indicavam o pagamento de propina desta à autoridades tucanas. Entre os envolvidos diretamente estavam Arnaldo Madeira, ex-chefe da Casa Civil (Governo Alckmin), responsável pela checagem das obras do Rodoanel e do Metrô e o ex-diretor da Dersa, Paulo Preto. Em 2011 a operação Castelo de Areia foi anulada pela 6ª Turma do Superior Tribunal de Justiça.

Em 2012, vieram à tona denúncias sobre as irregularidades na construção da Nova Marginal do Tietê, nos contratos entre a Dersa e a Delta Construções. O diretor da Dersa, Paulo Preto estava no epicentro, o valor previsto da obra era de um R$ 1 bilhão mas R$ 1,5 bilhões já haviam sido gastos sem que a obra tivesse sido concluída. Geraldo Alckmin disse que nem sabia dos negócios entre as duas empresas. Cada um levou o seu e ficou por isso mesmo.

Em 2012 também veio à tona o que ficou conhecido como Propinoduto tucano. Documentos encaminhados pela Justiça Suíça ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE) apontavam fraudes em licitações de trens e metrôs, pagamento de propina, superfaturamento de obras e subcontratação de empresas derrotadas em concorrências. O escândalo só foi descoberto porque a Siemens estava sendo investigada pela Justiça suíça. Os tucanos continuaram o seu vôo e só os executivos das empresas envolvidas sofreram punições.

Em 2014 teve a CPI dos Pedágios. Devido aos preços exorbitantes e a irregularidades nas concessões das rodovias. A CPI não deu em nada, mesmo porque era presidida pelo tucano Bruno Covas.

Em 2014 teve a crise do abastecimento de água. O governo já havia sido alertado por pesquisadores da USP ainda em 2009 de que o Sistema Cantareira não suportaria estiagem prolongada. Houve denúncia do Ministério Público Estadual (MPE) do favorecimento de 13 empresas entre 2008 e 2013 para elaborarem estudos para resolver o problema de abastecimento. Em 2015 Geraldo Alckmin anunciou o pagamento de R$ 1 bilhão para cobrir rombos financeiros na Sabesp pois a empresa contava com ativos privados na Bovespa e na Bolsa de Nova York. Foi aberta uma CPI na Câmara Municipal de SP, o governador conseguiu abafá-la, a periferia de SP sofreu mas os tucanos continuaram engordando suas contas na mesma fonte. (Esse escândalo da Sabesp virou até documentário,  “O escândalo da Sabesp”: https://www.youtube.com/watch?v=6St14AQUABk )

Em 2016, veio à tona o roubo da merenda das crianças. O esquema era de superfaturamento de cerca 25% no preço da merenda. Os dirigentes da Cooperativa Orgânica Agrícola entregaram em delação premiada o presidente da Assembleia Legislativa de São Paulo, Fernando Capez (PSDB) e o ex-chefe da casa civil, Luiz Roberto dos Santos, conhecido pelo apropriado apelido de “Moita”. Comeram a merenda das crianças e não deu em nada.

Socorro à Folha, Estadão e Veja. Gastos de mais de R$ 3,8 milhões na compra de 15.600 assinaturas da Folha, Estadão e Veja, utilizando-se verbas do orçamento da Secretaria de Educação. As assinaturas foram destinadas às escolas da rede estadual de ensino em um projeto chamado “sala de leitura”

Isso tudo sem falar no caso de caixa dois envolvendo Furnas Centrais Elétricas onde os três principais envolvidos são Aécio NevesGeraldo Alckmin e José Serra. E teve o mensalão tucano em que Eduardo Azeredo (PSDB) de Minas Gerais, foi condenado em dezembro de 2015 a 20 anos e dez meses de prisão em regime fechado por peculato (mão grande no popular, de bens públicos) e lavagem de dinheiro no caso conhecido como mensalão tucano, ocorrido há 17 anos. Ele até renunciou ao cargo de deputado para perder o foro privilegiado e tentar se dar bem com a justiça em Minas Gerais, mas depois de tantos anos e com o tratamento dado ao PT a nível nacional, ele foi preso para dar um ar de “isonomia” nas condenações.

Isso não é tudo sobre a corrupção no PSDB, uma pequeníssima parte onde o casto e alvo Geraldo Alckmin está maculado até o último fio de cabelo. Se tem alguém pensando em votar nessa tipo de gente deveria imediatamente mudar seu voto para “#00.+Confirma” e não dar legitimidade a nenhum desses políticos que vão escalpelar ainda mais os trabalhadores brasileiros.

+ Política

Fora Bolsonaro e o Golpe Militar!

Fora Bolsonaro e o Golpe Militar!

A crise está instalada no futuro governo com a denúncia de corrupção contra a família...

O que está acontecendo na França?

O que está acontecendo na França?

Os protestos que têm acontecido na França nas últimas semanas representam um dos principais sintomas...

A classe operária entrará em movimento?

A classe operária entrará em movimento?

A situação de levante popular na França indica uma mudança na situação da luta de...

A crise do lulismo e a luta dos trabalhadores

A crise do lulismo e a luta dos trabalhadores

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, liberou esta semana o julgamento de...

O fim do Lulismo

O fim do Lulismo

  A condenação de Lula de 12 anos e 1 mês de prisão por corrupção...

Liberdade para Lula!  Fora Bolsonaro e o golpe militar!

Liberdade para Lula! Fora Bolsonaro e o golpe militar!

O depoimento de Lula no dia 14 de novembro, sobre o processo do sítio de...

Militares brasileiros, nacionalistas ou golpistas?

Militares brasileiros, nacionalistas ou golpistas?

A vitória de Jair Bolsonaro no Brasil faz parte da guerra “silenciosa” (híbrida, assíncrona, ou...

Dia de luta contra a Reforma da Previdência de Bolsonaro/Paulo Guedes

Dia de luta contra a Reforma da Previdência de Bolsonaro/Paulo Guedes

  A chapa Bolsonaro/Paulo Guedes venceu as eleições presidenciais de 2018 porque o PT, apoiado...

Agora como farsa?

Agora como farsa?

Por Paulo Uribe A partir de golpe de Estado, em 31 de março de 1964,...

Golpe militar em andamento. O que fazer?

Golpe militar em andamento. O que fazer?

Os ataques contra os trabalhadores vêm de maneira acelerada com o governo Bolsonaro. Praticamente todos...

“Lei do Abate”, autonomia da polícia

“Lei do Abate”, autonomia da polícia

Quais as consequências para os trabalhadores e a população pobre e negra dos subúrbios? Por...

As centrais sindicais devem chamar uma Plenária Nacional de Mobilização

As centrais sindicais devem chamar uma Plenária Nacional de Mobilização

O governo Bolsonaro já está, de fato, no comando do país. Nenhuma medida do governo...

A “esquerda” legalizou o golpe “bolsonarista”

A “esquerda” legalizou o golpe “bolsonarista”

  Desde o impeachment de Dilma, que foi um golpe parlamentar, a direita apertou o...

Como lutar contra o governo Bolsonaro?

Como lutar contra o governo Bolsonaro?

As eleições de outubro de 2018 representaram uma das maiores fraudes dos últimos tempos. A...

Contra o golpe militar em andamento! Nenhum acordo com Bolsonaro!

Contra o golpe militar em andamento! Nenhum acordo com Bolsonaro!

No segundo turno das eleições presidenciais no Brasil, venceu a fraude eleitoral do imperialismo norte-americano,...

Against the military coup in progress

Against the military coup in progress

BRAZIL No agreements with Bolsonaro   In the second round of presidential elections in Brazil,...

28 de outubro - Eleições de carta marcada - 00confirma

28 de outubro - Eleições de carta marcada - 00confirma

Nos últimos dias antes das eleições, ficou claro que além de ser um circo eleitoral,...

Bolsonaro, o Trump brasileiro

Bolsonaro, o Trump brasileiro

Encontro de Eduardo Bolsonaro com Steve Bannon Foto: Reprodução A vitória de Donald Trump em...

Muito mais que eleições, os trabalhadores precisam se organizar para lutar

Muito mais que eleições, os trabalhadores precisam se organizar para lutar

Por Antônio Fernando Analisando a conjuntura atual, vemos que a crise do sistema, que só...

O PT como oposição golpista consentida

O PT como oposição golpista consentida

É importante fazer a discussão do processo eleitoral compreendendo o contexto do golpe de Estado...

Bolsonaro não é fascista! Pode ser uma ameaça ainda maior!

Bolsonaro não é fascista! Pode ser uma ameaça ainda maior!

Por Sergio Lessa Há uma enorme confusão na avaliação do cenário político nacional, nestes dias...

Por que a vitória de Bolsonaro é praticamente certa?

Por que a vitória de Bolsonaro é praticamente certa?

O grande ponto que deve ser avaliado, em se tratando das eleições no Brasil, é...

A saga de um traidor. Doria e sua política (neo) liberal

A saga de um traidor. Doria e sua política (neo) liberal

Por Florisvaldo Lopes     No debate realizado pela TV Bandeirantes, o candidato do PSDB...

Segundo turno. Duas caras da mesma moeda

Segundo turno. Duas caras da mesma moeda

Por Florisvaldo Lopes Após uma grande polarização entre Haddad (PT), uma aposta do imperialismo europeu,...

Haddad faz gol contra

Haddad faz gol contra

A campanha do PT no segundo turno está bem diferente da campanha do primeiro turno....

Haddad é Lula?

Haddad é Lula?

Recentemente apareceu nas notícias que Fernando Haddad teria visitado o ex-presidente do Supremo Tribunal Federal...

Haddad, semeando derrotas

Haddad, semeando derrotas

A recente campanha de Fernando Haddad tem se mostrado um desastre completo que está conduzindo...

Haddad joga para perder

Haddad joga para perder

A campanha de Fernando Haddad, como candidato do Partido dos Trabalhadores (PT), no segundo turno...

Haddad joga para perder no 2º turno?

Haddad joga para perder no 2º turno?

    As eleições de 2018 acontecem como parte do processo golpista e servem para...

A delação de Palocci pode derrubar Haddad?

A delação de Palocci pode derrubar Haddad?

Recentemente foram liberadas pelo juiz Sergio Moro as delações do ex-ministro Antonio Palocci, há 6...

O STF e o Golpe

O STF e o Golpe

O golpe de Estado no Brasil progride com contradições, mas progride. Já temos falado várias...

Voto nulo nas eleições golpistas #00confirma

Voto nulo nas eleições golpistas #00confirma

Na semana passada foi realizada na grande mídia uma campanha de desconstrução da candidatura de...

Mudança imperialista aos 45 minutos do 1.º tempo do jogo político no Brasil.

Mudança imperialista aos 45 minutos do 1.º tempo do jogo político no Brasil.

Por Florisvaldo Lopes O imperialismo, principalmente o norte-americano, que deu o golpe na dita “democracia”...

Haddad “adotado” pelos Rothschild?

Haddad “adotado” pelos Rothschild?

É corrente nos meios de comunicação de massas a afirmação de que as eleições deste...

Rachaduras na candidatura Bolsonaro

Rachaduras na candidatura Bolsonaro

O evento mais importante da semana foi a matéria de capa da revista The Economist,...

O roteiro golpista no Brasil

O roteiro golpista no Brasil

O golpe de Estado deve ser visto como um processo que começa em 2005 na...

A candidatura Haddad e as eleições golpistas

A candidatura Haddad e as eleições golpistas

Esta semana tivemos a oportunidade de observar como a burguesia manipula o processo eleitoral especificamente...

América Latina rumo ao precipício

América Latina rumo ao precipício

A crise capitalista mundial tem forte influência no Brasil e na América Latina. O centro...

Bolsonaro e os militares

Bolsonaro e os militares

  Na atual conjuntura, é muito válida a célebre máxima do grande filósofo alemão Friedrich...

Haddad, Bolsonaro e o Golpe

Haddad, Bolsonaro e o Golpe

O “atentado” contra Jair Bolsonaro, candidato à presidência da República pelo Partido Social Liberal (PSL),...

Venezuela – qual o significado das novas medidas econômicas?

Venezuela – qual o significado das novas medidas econômicas?

  Entrou em vigor, no dia 20 de agosto, o pacote de medidas econômicas adotas...

Aos trabalhadores brasileiros

Aos trabalhadores brasileiros

Por Florisvaldo Lopes Caros camaradas, Nesse momento em nosso país enfrentamos uma das maiores crises...

Bolsonaro - mais que uma facada

Bolsonaro - mais que uma facada

O recente ataque a Bolsonaro durante caminhada em Juiz de Fora/MG, acabou representando todo um...

Como se posicionar nas eleições golpistas?  #00Confirma

Como se posicionar nas eleições golpistas? #00Confirma

O candidato tucano do PT, Fernando Haddad, pode até decolar, mas vai encontrar muitos ataques...

É ilusão pensar que é possível repetir o governo Lula

É ilusão pensar que é possível repetir o governo Lula

  A propaganda eleitoral do Partido dos Trabalhadores está calcada em cima da perseguição política...

Lula com 40% e o imperialismo ainda não definiu seu candidato

Lula com 40% e o imperialismo ainda não definiu seu candidato

  Lula é líder absoluto nas pesquisas de intenção de voto para presidente da república....

Haddad X Bolsonaro no 2º turno?   #00confirma

Haddad X Bolsonaro no 2º turno? #00confirma

  Esta semana, as pesquisas de intenção de voto à Presidência da República deram a...

O que revelam as pesquisas eleitorais - #00confirma

O que revelam as pesquisas eleitorais - #00confirma

A esquerda ligada à política eleitoreira e de conciliação de classes tem impulsionado uma série...

#00confirma

#00confirma

A ditadura do judiciário fica cada vez mais clara em todos os sentidos, apesar deste...

O imperialismo e os donos da padaria

O imperialismo e os donos da padaria

Para quem diz que Alckmin é o candidato natural do imperialismo tem de ver que...

Gazeta Revolucionária [pdf]

 gr19 capa

Números Anteriores


AcordaTI 01capa  


 Acorda Vargem Grande 0 capa


Acorda Educador 0 capa