Domingo, 20 Maio 2018

ovo da serpente

Tudo na vida e na sociedade nasce, evolui, chega à sua maturidade e depois entra em decadência, até morrer e dar lugar à aparição de novos elementos e fenômenos. O PT se encontra na fase mais decadente da sua história, totalmente atrelado às instituições. E pior que isso, depois dos governos do PT, aconteceram os golpes de Estado no Brasil, o golpe de Estado parlamentar contra Dilma Rousseff e o golpe do Judiciário. O golpe militar já não aparece mais como semente, já não são mais apenas declarações, são fatos, como pode ser visto claramente com a intervenção militar no Rio de Janeiro. É o poder militar controlando o segundo estado mais importante da Federação.

Na presente situação de golpismo absoluto, depois de todas as barbaridades que a Operação Lava Jato tem feito passando por cima de todas as leis e, com toda liberalidade, aplicando leis que foram aprovadas durante os governos de Dilma Rousseff, o PT continua confiando na chamada “democracia”. Na sua concepção Dilma teria sido uma super gerente, super burocrática, mas que buscou manter a estabilidade do regime. No seu governo foi aprovada a Lei Antiterrorista, a Lei Anticorrupção e a Lei contra as Organizações Criminosas que agora estão sendo usadas, em primeiro lugar, contra o próprio PT.

Por que o PT não mobiliza as massas mesmo que seja para fazer o jogo parlamentar? Nem isso faz mais. Por quê? Por medo. Porque a situação é tão decadente que o PT tem medo de que mobilizando as massas, como já o fez várias vezes, possa vir a perder o controle do movimento e ser ultrapassado.  Mas o partido foi se afundando cada vez mais na medida que se integra cada vez mais ao regime político totalmente em crise.

Os trabalhadores e a frente popular

Àqueles que dizem que os trabalhadores nunca vão se levantar, deveria ser solicitado uma análise sociológica, política e econômica profunda porque seria a primeira vez na história que aconteceria isso, nos últimos 10 mil anos. E seria totalmente assombroso que acontecesse uma coisa dessas numa situação de tanta crise como a atual. O problema dos que falam isso, além do desconhecimento, e aqui nos referimos mais ao problema das direções políticas, é o fato de que não são marxistas, não são científicos, não são materialistas dialéticos. São religiosos e idealistas, acham que o mundo é a projeção que está nas suas cabeças, nos seus delírios escolásticos e, por isso,  não conseguem enxergar nenhum movimento na evolução da situação política.


operarios

 

A visão de mundo dessa esquerda integrada ao regime é uma visão metafísica, apenas uma fotografia em preto e branco. O que os revolucionários, ou pelo menos aqueles que tem a intenção de avaliar objetivamente a realidade, devem fazer é avaliar sempre para onde as coisas estão se encaminhando, as transições que estão ocorrendo. Inclusive Hegel já dizia isso; depois Karl Marx, Engels e Lenin, os grandes mestres do marxismo, repetiram, que devemos avaliar a semente em desenvolvimento. A avaliação das transições mostram, por exemplo, que o poder de contenção das massas está em decadência. As frentes populares, a política de conciliação de classes encabeçada por partidos da esquerda integrada ao regime político, em primeiro lugar, se encontra em fase terminal. O imperialismo sabe disso e por isso tem fortalecido novamente o poder militar.

As frentes populares estão em decadência não somente na América Latina onde essa decadência é absoluta, mas também na Europa onde a crise está atrelada ao fim do bipartidarismo com a crise generalizada do regime político que tem na base o aprofundamento da crise econômica. Nos países atrasados, há o fim da atual onda do nacionalismo burguês que surgiu como reação à pressão do movimento de massas que cresceu sob a crise das políticas neoliberais.  Os governos nacionalistas nos países atrasados se confundem em boa medida com governos de frente popular devido ao apoio recorrente da esquerda burguesa e pequeno burguesa.

No caso da Síria, o governo se encontra atrelado aos russos e aos chineses, que de anti imperialistas não têm absolutamente nada. São potências regionais que tentam negociar com Deus e o diabo para salvar os lucros dos próprios oligarcas, dentro de uma política de segurar a decadência interna que, sob o impacto do contágio do aprofundamento da crise capitalista mundial, tem acelerado. Agora, devido à crise, um dos pontos principais da evolução da política mundial está em quem vai controlar a integração da Rússia e da China ao mercado capitalista mundial. O mercado é todo globalizado e existem amplas disputas internacionais levando o imperialismo a guerras e destruição e de outra parte existe um reforço de  governos bonapartistas para impor os interesses dos grandes capitalistas.

Um disputa entre capitalistas

Há duas políticas burguesas colocadas em relação à China e a Rússia. A do imperialismo tenta aplicar uma política de terra arrasada, para que os monopólios se apropriem de todas as empresas principais com o objetivo de suavizar um pouco a concorrência que sofrem da China e da Rússia. Os regimes bonapartistas de Vladimir Putin e de Xi Jinping buscam a mesma integração mas de maneira mais gradual e buscando defender as empresas nacionais. Seria uma integração total ao capitalismo mundial, num processo de aniquilamento do que ficou dos estados operários deformados que surgiram das revoluções de 1917 e 1949, ao mercado mundial que hoje é um mercado altamente podre, parasitário e especulativo.

A frente popular da Síria, por exemplo, é uma frente em decadência também, da mesma maneira que a frente popular que existe na Venezuela. No caso da Venezuela, é uma frente popular propriamente dita. No caso da Síria seria mais um regime nacionalista burguês, da última onda do nacionalismo árabe em uma decadência absoluta.

A reação incipiente do movimento de massas

Apesar de toda a paralisia e de todo travamento das lutas pelas frentes populares, há, neste momento, fatos que comprovam que isso não irá continuar assim por muito tempo. Por exemplo, no caso da França, há as greves dos trabalhadores ferroviários contra a privatização das ferrovias que Macron está tentando fazer. Todas as privatizações já feitas na Europa estão num grau de decadência absoluta, quase que em bancarrota, com os serviços muito piores, com as empresas privadas tentando a todo custo arrancar mais dinheiro, aumentando as tarifas, etc. Enquanto isso o serviço da SCNF francesa, que é o sistema ferroviário estatal, funciona melhor que os serviços privados. Macron quer entregar isso porque ele é uma cria da família Rothschild, que é uma das 148 famílias que dominam o mundo. A situação na França ainda é turbulenta. As greves apresentam faíscas, mas ainda se encontram amarradas por todos os setores da esquerda burguesa integrada ao regime.

No Brasil, as greves dos professores principalmente em Minas Gerais, em São Paulo e no Rio de Janeiro ainda estão sendo controladas pela burocracia ligada à frente popular que, por sua vez, está com todos os esforços dedicados à campanha eleitoral de outubro e também à questão da prisão de Lula, de fazer acordo com a direita, etc. Mas, por conta da pressão dos professores que estão sendo muito prejudicados pela PEC 55, pela PLS 257 e por todos os ataques do governo e do imperialismo, suas lutas têm avançado muito mais do que a burocracia esperava. Essas mobilizações são sintomas de que a situação não vai ficar paralisada durante muito tempo. A pressão contra a classe trabalhadora é muito grande.

Na Nicarágua, a mesma política do imperialismo

Se avaliarmos a evolução da situação política em escala regional, por exemplo, na Nicarágua ela é muito parecida com a evolução geral. Por que o governo de frente popular de Daniel Ortega, da Frente Sandinista de Libertação Nacional, que está no governo na Nicarágua há 11 anos, reprimiu com tanta intensidade o movimento de massas? Porque devido à pressão do FMI o governo estava tentando impor o aumento das contribuições dos aposentados e a redução das aposentadorias como principais medidas de uma reforma da previdência, da mesma maneira que está acontecendo no Brasil.

cosepnicaragua

Não existiu na Nicarágua um movimento revolucionário contra o Sandinismo. Foi a federação patronal da Nicarágua, que se chama Conselho das Empresas Privadas (Cosep), que impulsionou um movimento de massas contra Daniel Ortega baseado fundamentalmente em estudantes, da mesma maneira como foi feito no Brasil contra Dilma, para tentar levar o regime mais para a direita e substituindo o governo. Essa manobra colocou o governo contra a parede e o obrigou a voltar atrás nas medidas.

Isso demonstra que esses governos de esquerda são totalmente integrados ao regime político burguês e por isso são facilmente pressionados  para ir à direita como o estão sendo todos os governos de frente popular, principalmente na situação atual, que seguem a política do imperialismo para a América Latina e para o mundo e que é a política de avançar para governos mais duros, para ditaduras militares.

O Brasil está na linha de frente na aplicação dessa política, como um laboratório, para depois ser aplicada em escala regional. Mesmo nos casos dos países desenvolvidos como a França, temos uma situação parecida. Tiraram François Hollande, do Partido Socialista, e colocaram Macron que está tentando avançar contra as massas também com essa política.

Para o próximo período, está colocado o aprofundamento da crise capitalista mundial. Sob esta base, inevitavelmente, a classe operária mundial entrará em movimento novamente. Está colocado, portanto, o enfrentamento aberto entre a burguesia e o proletariado mundial.

+ Política

O resto do mundo e o Oriente Médio

O resto do mundo e o Oriente Médio

Ao aprofundamento da crise capitalista nos países desenvolvidos tem se somado a crise de países...

O aprofundamento da crise na América Latina

O aprofundamento da crise na América Latina

    No Brasil, em 1997, houve uma situação parecida com a da Argentina hoje,...

Geraldo Alkmin, dois passos para o alvo

Geraldo Alkmin, dois passos para o alvo

  Agora, o que está acontecendo, dentro da caixa de Pandora aberta pela Operação Lava...

Mortes e prisões no dia do trabalhador

Mortes e prisões no dia do trabalhador

  A política oficial do PT teve como resultado um 1 º de maio, em...

O desespero petista

O desespero petista

    O 1 º de maio de 2018 representou um divisor de águas, marcou...

Quem poderia atender melhor o imperialismo?

Quem poderia atender melhor o imperialismo?

Há uma luta entre alas da burguesia. A Procuradora-Geral da República, Raquel Dodge, aderiu ao...

O primeiro motor do golpe

O primeiro motor do golpe

De acordo com a revista The Economist, de 28 de janeiro de 2017, a taxa...

Um golpe sem pausas

Um golpe sem pausas

    No último período, o golpe de Estado no Brasil, continua se desenvolvendo a...

A América Latina nas garras do imperialismo

A América Latina nas garras do imperialismo

A política do imperialismo norte-americano para a América Latina é única. Não se trata de...

O imperialismo quer um Bonaparte para governar o Brasil

O imperialismo quer um Bonaparte para governar o Brasil

Além do que está na linha de frente do golpismo, há o que está na...

A insustentável defesa do menchevismo

A insustentável defesa do menchevismo

As atividades do 1º de maio de 2018 demonstraram o fracasso absoluto da frente popular,...

A paralisia vai durar até quando?

A paralisia vai durar até quando?

  Até esse momento, o imperialismo ainda não impulsionou grandes mobilizações de massas dirigidas pela...

Não se trata da luta do bem contra o mal

Não se trata da luta do bem contra o mal

  O imperialismo organiza sua política para aumentar os ataques contra as massas A esperança...

1º de Maio de 2018 foi um fiasco no Brasil

1º de Maio de 2018 foi um fiasco no Brasil

   O fiasco do 1º de Maio no Brasil mostrou a evidente crise da política...

O fim do governo Temer e a prisão de Aécio Neves

O fim do governo Temer e a prisão de Aécio Neves

  A crise política avança no Brasil. O governo Temer está liquidado. Tanto é assim...

Três projetos políticos que enganaram o povo brasileiro

Três projetos políticos que enganaram o povo brasileiro

Por Florisvaldo Lopes Claro que desde sempre o eleitor é enganado com os discursos demagógicos...

Governo Pimentel, a ex-querda capitalista

Governo Pimentel, a ex-querda capitalista

O governo de Fernando Pimentel (PT) é uma lástima e de uma venalidade impressionante. Fingindo...

O ovo da serpente contra a noite dos proletários

O ovo da serpente contra a noite dos proletários

Tudo na vida e na sociedade nasce, evolui, chega à sua maturidade e depois entra...

Frente ampla com Ciro Gomes e outros golpistas

Frente ampla com Ciro Gomes e outros golpistas

No atual cenário político, com Lula fora do cenário eleitoral, os candidatos que realmente têm...

A crise material da política de frente popular

A crise material da política de frente popular

No Brasil, a política de frente popular começou a entrar em crise de maneira muito...

Bashar al-Assad, Putin, Xi Jinping, Lula – Que defesa?

Bashar al-Assad, Putin, Xi Jinping, Lula – Que defesa?

Uma coisa interessante é que o bombardeio da Síria pelos Estados Unidos, França e Reino...

O declínio da frente popular e a prisão de Lula - I

O declínio da frente popular e a prisão de Lula - I

A prisão de Lula e os acontecimentos da Síria com o bombardeio recente dos Estados...

A crise do Oriente Médio no contexto mundial

A crise do Oriente Médio no contexto mundial

Temos observado na imprensa capitalista mundial que os Estados Unidos tenta fazer uma campanha contra...

A crise mundial e a implosão do PT

A crise mundial e a implosão do PT

Em 2012, a política de contenção da crise mundial acabou fracassando. A tentativa de contê-la...

O nacionalismo do PT

O nacionalismo do PT

A política do PT no governo gerou algumas contradições, embora que pequenas, com o imperialismo....

As leis do capital em ação

As leis do capital em ação

O desenvolvimento tecnológico é imposto pela própria concorrência capitalista porque, se ele não avançar, leva...

Série: Golpe de Estado

Série: Golpe de Estado

O efeito borboleta e a prisão de Lula  Recentemente a prisão de Lula ocorreu da...

O efeito borboleta e a prisão de Lula

O efeito borboleta e a prisão de Lula

Recentemente a prisão de Lula ocorreu da maneira mais incrível e, para os analistas mais...

O imperialismo no epicentro dos golpes

O imperialismo no epicentro dos golpes

No Brasil, o imperialismo norte-americano depôs a presidenta Dilma Rousseff, encarcerou o ex presidente Lula...

Contra Lula e Temer: a mesma política imperialista na América Latina

Contra Lula e Temer: a mesma política imperialista na América Latina

    Neste momento após o indeferimento do habeas corpus do ex-presidente Lula no STF...

Construir um partido para a revolução e não para a eleição

Construir um partido para a revolução e não para a eleição

Um fantasma gerado pela maior crise econômica do capitalismo ronda o mundo, uma guerra catastrófica...

Todos às ruas para barrar o avanço do golpe de Estado!

Todos às ruas para barrar o avanço do golpe de Estado!

O sinistro juiz Sérgio Moro não perdeu tempo para expedir a ordem de prisão de...

STF nega Habeas Corpus para Lula

STF nega Habeas Corpus para Lula

GOLPE DE ESTADO DÁ UM PASSO ADIANTE O Supremo Tribunal Federal em sessão plenária realizada...

A crise capitalista se espalha

A crise capitalista se espalha

Recentemente, fomos surpreendidos pela prisão dos amigos do presidente da República do Brasil, Michel Temer,...

A prisão dos amigos de Michel Temer

A prisão dos amigos de Michel Temer

O que significa a prisão dos amigos de Temer envolvidos no esquema de propinas recebidas...

Racha no STF eleva a crise às alturas

Racha no STF eleva a crise às alturas

O racha no Supremo Tribunal Federal (STF) ficou evidente e sua crise foi às alturas...

As eleições sem Lula e o golpe militar

As eleições sem Lula e o golpe militar

  Quatro pontos devem ser considerados na hora de avaliar essas duas questões. Em primeiro...

A crise do STF e a luta de classes

A crise do STF e a luta de classes

O fato de não ter ocorrido a reunião informal dos ministros do STF marcada para...

O governo do PT e o golpe contra os trabalhadores

O governo do PT e o golpe contra os trabalhadores

As coisas devem ser analisadas como elas são, a política vai avançando conforme a evolução...

Concentração da crise no governo federal

Concentração da crise no governo federal

A crise se concentra justamente no governo federal. Um caso que ilustra bem essa realidade...

 O assassinato da vereadora do PSOL no Rio  e a reação errada da esquerda

O assassinato da vereadora do PSOL no Rio e a reação errada da esquerda

  O assassinato de Marielle Franco, vereadora do Rio de Janeiro, do PSOL, representa mais...

Combate ao tráfico é novo álibi do golpe

Combate ao tráfico é novo álibi do golpe

Chama muito a atenção que o ministro do STF, Luís Roberto Barroso, tenha partido para...

A prisão de Lula e a ditadura do Judiciário

A prisão de Lula e a ditadura do Judiciário

Cada vez fica mais claro que o estado de exceção que existe hoje no Brasil...

A classe operária está morta?

A classe operária está morta?

No Brasil, somados a todos os ataques que o imperialismo impõe que sejam aplicados, como...

América Latina, a onda agora é contra o crime organizado

América Latina, a onda agora é contra o crime organizado

O aprofundamento da crise capitalista se reflete em todas as regiões do mundo, inclusive na...

Mar do Sul da China, uma zona de risco

Mar do Sul da China, uma zona de risco

O aprofundamento da crise também se revela na crise do imperialismo no Mar do Sul...

Os gasodutos da discórdia

Os gasodutos da discórdia

Como explicar as contradições entre a Administração Trump e a Rússia, sendo que Trump tentou...

Os deslocamentos na Síria e região

Os deslocamentos na Síria e região

No Oriente Médio, a crise escala em cima da Síria e do Iêmen. O governo...

Incertezas europeias

Incertezas europeias

Na Europa, a situação é dramática. Após as eleições de outubro na Alemanha, a principal...

A dramática crise nos Estados Unidos

A dramática crise nos Estados Unidos

A crise capitalista nos Estados Unidos é dramática. O endividamento é enorme. A dívida pública...

Nacional

Geraldo Alkmin, dois passos para o alvo

11 Maio 2018
Geraldo Alkmin, dois passos para o alvo

  Agora, o que está acontecendo, dentro da caixa de Pandora aberta pela Operação Lava Jato, é que os procuradores querem ir além do PT porque são elementos, no geral,...

Mortes e prisões no dia do trabalhador

11 Maio 2018
Mortes e prisões no dia do trabalhador

  A política oficial do PT teve como resultado um 1 º de maio, em 2018, tão comportado que, além de ter sido um desastre, ninguém chegou a ser preso....

O desespero petista

11 Maio 2018
O desespero petista

    O 1 º de maio de 2018 representou um divisor de águas, marcou o colapso da política de “frente popular”, encabeçada pelo PT. A esquerda burguesa e pequeno...

Quem poderia atender melhor o imperialismo?

11 Maio 2018
Quem poderia atender melhor o imperialismo?

Há uma luta entre alas da burguesia. A Procuradora-Geral da República, Raquel Dodge, aderiu ao golpe e à “teoria do domínio do fato” de mala e cuia. Aquela estória de...

Não se trata da luta do bem contra o mal

04 Maio 2018
Não se trata da luta do bem contra o mal

  O imperialismo organiza sua política para aumentar os ataques contra as massas A esperança da “frente popular” de que o órgão do Judiciário A, B ou C, venha a...

Educação

Fatiamento na luta da educação em Belo horizonte

09 Maio 2018
Fatiamento na luta da educação em Belo horizonte

  A Educação Infantil está em greve desde o dia 23 de março em busca de melhores salários e condições de trabalho. Na última assembleia foi rejeitada a proposta do...

A greve da Educação Infantil continua em Belo Horizonte

03 Maio 2018
A greve da Educação Infantil continua em Belo Horizonte

Dia 03 de maio de 2018 – 7º dia de greve da Educação Infantil em BH Alexandre Kalil (o Kalílgula), prefeito de Belo Horizonte, mandou um recado para as professoras...

Corre a repressão sobre os educadores em Belo Horizonte

23 Abril 2018
Corre a repressão sobre os educadores em Belo Horizonte

No fim do ano de 2017, em Belo Horizonte, o prefeito Alexandre kalil (PHS), uma espécie de Dória mineiro, resolveu abrir mais vagas na Educação Infantil e para isso utilizou-se...

"É que Narciso acha feio o que não é espelho"

22 Abril 2018
"É que Narciso acha feio o que não é espelho"

  "É que Narciso acha feio o que não é espelho" Caetano Veloso    Na semana passada, na tentativa de dar respostas à insatisfação da categoria com o governo Fernando Pimentel...

MORENO COMO VOCÊS? O REI SE INCLINA E MATA

19 Abril 2018
MORENO COMO VOCÊS? O REI SE INCLINA E MATA

Termina a greve dos educadores de Minas Gerais   No dia 18 de abril de 2018, com uma assembleia lotada, mas menor que as anteriores, foi aprovado o fim da...

Gazeta Revolucionária [pdf]

Saiba Mais

A economia vai de mal...

  A inflação no Brasil teria caído para 3%, segundo...

A mais-valia ameaçada

Com o aprofundamento da crise mundial, a margem de manobra...

Bashar al-Assad, Putin, Xi Jinping,...

Uma coisa interessante é que o bombardeio da Síria pelos...

As guerras híbridas

Trata-se de um método imperialista para atacar os países sem...

A crise da direita tradicional

A direita tradicional passou a ser colocada pelo imperialismo na...