Quarta, 21 Novembro 2018

jeanvarjam

A tese central do marxismo é que o aprofundamento da crise capitalista, que é uma crise estrutural, impõe o aumento dos ataques do grande capital contra os trabalhadores, em escala mundial, por conta da impossibilidade de extrair lucros da produção. Após o colapso capitalista de 2008, o capitalismo não conseguiu colocar em pé uma política alternativa ao chamado “neoliberalismo”. Por isso, ataca os trabalhadores para retira-lhes todos os direitos que foi obrigado a conceder nas décadas passadas, para conter o desenvolvimento das tendências revolucionárias. Não há nada de moral aqui; apenas o acirramento da luta de classes que impõe uma luta à morte pela própria sobrevivência.

Conforme a crise estrutural do capital aumenta, todos os setores da burguesia tendem a uma integração maior ao regime, contra os trabalhadores, por conta, justamente, da pressão do grande capital. Nesse sentido, a esquerda burguesa e pequeno burguesa, assim como a burocracia, que representam setores das camadas médias da população, se integraram fortemente ao regime.

A classe operária mundial se encontra paralisada nas categorias de ponta, nos principais países do mundo desde a década de 1980. Mas até quando essa situação irá se manter, levando em conta que os ataques são cada vez mais duros? Como irá reagir a classe operária?

Uma classe operária com caraterísticas novas

A classe operária atual possui características novas. Elas se formaram nas últimas décadas com a entrada no mercado mundial de centenas de milhões de operários chineses, da Malásia, das Filipinas, da Coreia do Sul, da Indonésia, da Ásia no geral, dos antigos países do bloco soviético, do México.

A classe operária industrial liderou enormes movimentações desde a crise de 1967, especificamente desde do “Maio francês de 1968”. As políticas “neoliberais” foram impostas a partir da derrota da greve dos Controladores Aéreos nos Estados Unidos (1982) e da greve dos mineiros do carvão na Inglaterra (1985). Houve uma enorme movimentação de plantas industrias para a Ásia e o movimento operário ficou acuado.

O grosso dos operários nunca participou do movimento operário, nem dos sindicatos, nem das grandes greves, nem de partidos políticos, e assim sucessivamente. Mas, em cima dos ataques, precisaremos avaliar de perto o que irá acontecer com a classe operária mundial de conjunto, incluindo os enormes volumes de trabalhadores precarizados, sem direitos, além dos terceirizados, e com a massa de desempregados que cresce a cada dia de maneira assustadora no mundo inteiro.

Para o próximo período, se apresentará de maneira aberta a luta entre a burguesia e o proletariado mundial, entre a revolução e a contrarrevolução, já que uma não existe sem a outra; são irmãs gêmeas.

A escalada do parasitismo e a crise política

O que provoca o enfraquecimento do regime político, em primeiro lugar, é o avanço da crise econômica. Depois de 2008, o capitalismo nunca mais conseguiu se recuperar da enorme crise. Durante um período, até 2012, conseguiu conter os sintomas piores, principalmente, alocando enormes volumes de capital fictício, em primeiro lugar, aquele gerado a partir da emissão de moeda podre, sem lastro produtivo, que representa uma das principais maneira de apropriação da mais valia dos trabalhadores, com repasses absurdos e obscenos ao grande capital.

Nos Estados Unidos, por exemplo, há a enorme crise política do governo Trump, que foi imposto de maneira fraudulenta, mas agora está se transformando num governo altamente estupefato, que não sabe para onde ir e tem uma política exterior totalmente errática. Quando foi eleito tentou atacar com intensidade os trabalhadores, mas começou a provocar um ascenso do movimento de massas e foi obrigado a desacelerar.

A escalada do endividamento é absurda. A dívida pública nos Estados Unidos já está em mais de US$ 20 trilhões de dólares, ou mais de 100 % do PIB. Obviamente o imperialismo passa essa conta para o mundo por meio da ditadura do dólar. Sobre o endividamento das famílias, cada indivíduo passou de dever US$ 50 mil dólares, em 2008, para dever US$ 137 mil. Esse montante acumulado soma mais US$ 13 trilhões. Somando as dívidas totais das empresas, a das famílias, a dos estudantes, a dívida pública, as verbas não provisionadas para o próximo período, a dívida dos Estados Unidos ultrapassa os US$ 70 trilhões de dólares, o que seria equivalente ao PIB mundial. Isso é impagável e está em aumento.

A única saída para conter o estouro do endividamento seria por meio de provocar a inflação, a hiperinflação, que foi a maneira com que a Alemanha conseguiu pagar as dívidas de guerra depois da Segunda Guerra Mundial, ou indo para uma nova guerra de grandes proporções, ou as duas coisas ao mesmo tempo.

+ Política

Militares brasileiros, nacionalistas ou golpistas?

Militares brasileiros, nacionalistas ou golpistas?

A vitória de Jair Bolsonaro no Brasil faz parte da guerra “silenciosa” (híbrida, assíncrona, ou...

Dia de luta contra a Reforma da Previdência de Bolsonaro/Paulo Guedes

Dia de luta contra a Reforma da Previdência de Bolsonaro/Paulo Guedes

  A chapa Bolsonaro/Paulo Guedes venceu as eleições presidenciais de 2018 porque o PT, apoiado...

Agora como farsa?

Agora como farsa?

Por Paulo Uribe A partir de golpe de Estado, em 31 de março de 1964,...

Golpe militar em andamento. O que fazer?

Golpe militar em andamento. O que fazer?

Os ataques contra os trabalhadores vêm de maneira acelerada com o governo Bolsonaro. Praticamente todos...

“Lei do Abate”, autonomia da polícia

“Lei do Abate”, autonomia da polícia

Quais as consequências para os trabalhadores e a população pobre e negra dos subúrbios? Por...

As centrais sindicais devem chamar uma Plenária Nacional de Mobilização

As centrais sindicais devem chamar uma Plenária Nacional de Mobilização

O governo Bolsonaro já está, de fato, no comando do país. Nenhuma medida do governo...

A “esquerda” legalizou o golpe “bolsonarista”

A “esquerda” legalizou o golpe “bolsonarista”

  Desde o impeachment de Dilma, que foi um golpe parlamentar, a direita apertou o...

Como lutar contra o governo Bolsonaro?

Como lutar contra o governo Bolsonaro?

As eleições de outubro de 2018 representaram uma das maiores fraudes dos últimos tempos. A...

Contra o golpe militar em andamento! Nenhum acordo com Bolsonaro!

Contra o golpe militar em andamento! Nenhum acordo com Bolsonaro!

No segundo turno das eleições presidenciais no Brasil, venceu a fraude eleitoral do imperialismo norte-americano,...

Against the military coup in progress

Against the military coup in progress

BRAZIL No agreements with Bolsonaro   In the second round of presidential elections in Brazil,...

28 de outubro - Eleições de carta marcada - 00confirma

28 de outubro - Eleições de carta marcada - 00confirma

Nos últimos dias antes das eleições, ficou claro que além de ser um circo eleitoral,...

Bolsonaro, o Trump brasileiro

Bolsonaro, o Trump brasileiro

Encontro de Eduardo Bolsonaro com Steve Bannon Foto: Reprodução A vitória de Donald Trump em...

Muito mais que eleições, os trabalhadores precisam se organizar para lutar

Muito mais que eleições, os trabalhadores precisam se organizar para lutar

Por Antônio Fernando Analisando a conjuntura atual, vemos que a crise do sistema, que só...

O PT como oposição golpista consentida

O PT como oposição golpista consentida

É importante fazer a discussão do processo eleitoral compreendendo o contexto do golpe de Estado...

Bolsonaro não é fascista! Pode ser uma ameaça ainda maior!

Bolsonaro não é fascista! Pode ser uma ameaça ainda maior!

Por Sergio Lessa Há uma enorme confusão na avaliação do cenário político nacional, nestes dias...

Por que a vitória de Bolsonaro é praticamente certa?

Por que a vitória de Bolsonaro é praticamente certa?

O grande ponto que deve ser avaliado, em se tratando das eleições no Brasil, é...

A saga de um traidor. Doria e sua política (neo) liberal

A saga de um traidor. Doria e sua política (neo) liberal

Por Florisvaldo Lopes     No debate realizado pela TV Bandeirantes, o candidato do PSDB...

Segundo turno. Duas caras da mesma moeda

Segundo turno. Duas caras da mesma moeda

Por Florisvaldo Lopes Após uma grande polarização entre Haddad (PT), uma aposta do imperialismo europeu,...

Haddad faz gol contra

Haddad faz gol contra

A campanha do PT no segundo turno está bem diferente da campanha do primeiro turno....

Haddad é Lula?

Haddad é Lula?

Recentemente apareceu nas notícias que Fernando Haddad teria visitado o ex-presidente do Supremo Tribunal Federal...

Haddad, semeando derrotas

Haddad, semeando derrotas

A recente campanha de Fernando Haddad tem se mostrado um desastre completo que está conduzindo...

Haddad joga para perder

Haddad joga para perder

A campanha de Fernando Haddad, como candidato do Partido dos Trabalhadores (PT), no segundo turno...

Haddad joga para perder no 2º turno?

Haddad joga para perder no 2º turno?

    As eleições de 2018 acontecem como parte do processo golpista e servem para...

A delação de Palocci pode derrubar Haddad?

A delação de Palocci pode derrubar Haddad?

Recentemente foram liberadas pelo juiz Sergio Moro as delações do ex-ministro Antonio Palocci, há 6...

O STF e o Golpe

O STF e o Golpe

O golpe de Estado no Brasil progride com contradições, mas progride. Já temos falado várias...

Voto nulo nas eleições golpistas #00confirma

Voto nulo nas eleições golpistas #00confirma

Na semana passada foi realizada na grande mídia uma campanha de desconstrução da candidatura de...

Mudança imperialista aos 45 minutos do 1.º tempo do jogo político no Brasil.

Mudança imperialista aos 45 minutos do 1.º tempo do jogo político no Brasil.

Por Florisvaldo Lopes O imperialismo, principalmente o norte-americano, que deu o golpe na dita “democracia”...

Haddad “adotado” pelos Rothschild?

Haddad “adotado” pelos Rothschild?

É corrente nos meios de comunicação de massas a afirmação de que as eleições deste...

Rachaduras na candidatura Bolsonaro

Rachaduras na candidatura Bolsonaro

O evento mais importante da semana foi a matéria de capa da revista The Economist,...

O roteiro golpista no Brasil

O roteiro golpista no Brasil

O golpe de Estado deve ser visto como um processo que começa em 2005 na...

A candidatura Haddad e as eleições golpistas

A candidatura Haddad e as eleições golpistas

Esta semana tivemos a oportunidade de observar como a burguesia manipula o processo eleitoral especificamente...

América Latina rumo ao precipício

América Latina rumo ao precipício

A crise capitalista mundial tem forte influência no Brasil e na América Latina. O centro...

Bolsonaro e os militares

Bolsonaro e os militares

  Na atual conjuntura, é muito válida a célebre máxima do grande filósofo alemão Friedrich...

Haddad, Bolsonaro e o Golpe

Haddad, Bolsonaro e o Golpe

O “atentado” contra Jair Bolsonaro, candidato à presidência da República pelo Partido Social Liberal (PSL),...

Venezuela – qual o significado das novas medidas econômicas?

Venezuela – qual o significado das novas medidas econômicas?

  Entrou em vigor, no dia 20 de agosto, o pacote de medidas econômicas adotas...

Aos trabalhadores brasileiros

Aos trabalhadores brasileiros

Por Florisvaldo Lopes Caros camaradas, Nesse momento em nosso país enfrentamos uma das maiores crises...

Bolsonaro - mais que uma facada

Bolsonaro - mais que uma facada

O recente ataque a Bolsonaro durante caminhada em Juiz de Fora/MG, acabou representando todo um...

Como se posicionar nas eleições golpistas?  #00Confirma

Como se posicionar nas eleições golpistas? #00Confirma

O candidato tucano do PT, Fernando Haddad, pode até decolar, mas vai encontrar muitos ataques...

É ilusão pensar que é possível repetir o governo Lula

É ilusão pensar que é possível repetir o governo Lula

  A propaganda eleitoral do Partido dos Trabalhadores está calcada em cima da perseguição política...

Lula com 40% e o imperialismo ainda não definiu seu candidato

Lula com 40% e o imperialismo ainda não definiu seu candidato

  Lula é líder absoluto nas pesquisas de intenção de voto para presidente da república....

Haddad X Bolsonaro no 2º turno?   #00confirma

Haddad X Bolsonaro no 2º turno? #00confirma

  Esta semana, as pesquisas de intenção de voto à Presidência da República deram a...

O que revelam as pesquisas eleitorais - #00confirma

O que revelam as pesquisas eleitorais - #00confirma

A esquerda ligada à política eleitoreira e de conciliação de classes tem impulsionado uma série...

#00confirma

#00confirma

A ditadura do judiciário fica cada vez mais clara em todos os sentidos, apesar deste...

O imperialismo e os donos da padaria

O imperialismo e os donos da padaria

Para quem diz que Alckmin é o candidato natural do imperialismo tem de ver que...

O circo eleitoral

O circo eleitoral

O ponto que devemos destacar nessa semana é a continuidade do circo eleitoral. O debate...

A candidatura de Lula e o bonapartismo do Judiciário

A candidatura de Lula e o bonapartismo do Judiciário

  O Partido dos Trabalhadores (PT) registrou a candidatura de Luiz Inácio Lula da Silva...

A China no mercado mundial

A China no mercado mundial

A China é um elemento muito importante de estabilidade do capitalismo mundial. Para estabilizar a...

Crise na Turquia

Crise na Turquia

O caso da Turquia é muito interessante porque revela que a crise se desenvolve meio...

PT. Nem demônio como fala a direita, nem anjo como defende a esquerda

PT. Nem demônio como fala a direita, nem anjo como defende a esquerda

Os erros da política do PT são mantidos ocultos aos olhos da maioria dos trabalhadores....

Debate ridículo entre os presidenciáveis

Debate ridículo entre os presidenciáveis

O fato mais relevante dessa semana foi o debate dos candidatos à Presidência da República...

Gazeta Revolucionária [pdf]

 gr16 capa

 gr15capa