Quarta, 12 Dezembro 2018

 emtodaparte


A teoria fundamental sobre o Estado burguês foi colocada amplamente na Ideologia Alemã, no Manifesto Comunista e, principalmente, no O 18 Brumário de Luís Bonaparte e nas análises que Marx e Engels fizeram sobre as revoluções de 1848 e sobre A Comuna de Paris. Posteriormente Lenin vai desenvolver o tema, baseado principalmente na experiência da Revolução de 1905 na Rússia, em O Estado e a Revolução de 1917, onde fica claro que o Estado burguês e a Justiça têm dono, que é a burguesia, portanto, este Estado deve ser destruído e substituído pela ditadura do proletariado na perspectiva de levar ao desaparecimento do Estado.

A esquerda mundial e nacional, o PT e Lula, não acham que o Estado tenha dono. Acham que por meio de manobras e acordos com a direita e, com confiança cega na Justiça, com Lula se candidatando e se elegendo Presidente da República, esse Estado burguês poderá ser gerido numa nova reedição dos governos deste. Dessa maneira, por meio da contenção das massas, o PT, seus burocratas e aliados poderão obter privilégios, mantendo todos os acordos com o grande capital.

Meras ilusões, conforme Lenin apontou, não tem como o Estado burguês estabelecer qualquer forma de democracia que considere a participação dos trabalhadores, pelo contrário, este Estado que aí está é o principal organismo da burguesia para anular a democracia. Assim, citando ainda Lênin: “Os oportunistas e a social-democracia contemporânea aceitaram as formas políticas burguesas do Estado democrático parlamentar como um limite instransponível; quebraram a cabeça de tanto se prosternar diante desse ‘santo dos santos’ e taxaram de anarquismo todas as tentativas de destruí-lo”. Enfim, sem uma revolução (que vai ser violenta) a classe trabalhadora não alcançará a liberdade (a libertação).

Mas a questão de que a política do PT poderá tirar o Brasil da crise ou de que poderá participar de uma grande coalizão nacional, tem um ponto fraco que é a base econômica na sua dinâmica. Há uma crise mundial enorme, os preços das matérias primas, mesmo tendo tido um alívio nos últimos dois meses, estão muito reduzidos e em uma situação muito especulativa e artificial. Com isso é impossível que se faça um governo lulista semelhante aos seus dois mandatos como presidente, pois a instabilidade do governo levaria a qualquer coisa oposta a democracia, mesmo que formal. Nem Lula seria capaz de segurar as massas.

A atualidade da análise marxista, que nada tem a ver com as considerações acadêmicas de que “Marx cometeu um monte de erros”, serve para avaliar se as leis fundamentais do capitalismo continuam valendo ou não. Obviamente continuam válidas, totalmente ao contrário do que a esquerda burguesa e pequeno burguesa coloca. Portanto, nós vemos isso no desenvolvimento do golpismo, por exemplo, em escala mundial e no Brasil, e que não há nada de muito novo nisso. A burguesia, que detém os meios de produção e se apropria do excedente produzido pelos trabalhadores, vai reagir de uma forma quase que padrão. Se esta não consegue a recuperação da taxa de lucro pelos mecanismos do mercado ou usando a democracia formal vai partir para regimes de força.

A saída de Joaquim Barbosa, de Bernardinho e de Luciano Huck como candidatos demonstra que a crise da direita é monumental porque nem sequer consegue colocar um candidato competitivo. Então, o imperialismo passa por uma pressão enorme nas eleições, para impor alguém da direita e que não pode ser fraco, para impor um governo cada vez mais duro no Brasil.  Isso leva a que a saída real só pode estar nas mãos dos militares que deverão fazer um governo duro. Só que também entre os militares há uma crise interna, expressa pelas últimas declarações, quando veio a público que no governo do general Ernesto Geisel (1974-79), considerado da ala mais branda do exército, este comandou o assassinato de opositores políticos.

O problema fundamental é que a análise do regime político tem de ser feita de maneira científica e não por meio de elucubrações morais. Nesse sentido, a análise científica nos mostra que o Estado tem dono e que, gerir o Estado burguês, nesse momento, é praticamente inviável em relação à política dos interesses da classe operária. Não há necessidade de muitos detalhes, basta ver que estamos em meio a uma das piores crises, num país atrasado onde as empresas públicas e até as privadas foram entregues de bandeja para o imperialismo. O Brasil e a Argentina, neste momento, se encontram no páreo para o estouro de um movimento de massas sem precedentes.

Por outra parte, existe também a crise de dominação do imperialismo, portando se enganam aqueles que vêm nos Estados Unidos ou na Alemanha fortalezas indestrutíveis. Há um enorme desespero dos grandes monopólios para recuperar ou mesmo conter a queda da taxa de lucros mantendo o domínio imperialista, isso explica por exemplo a necessidade de os Estados Unidos fazerem um acordo nuclear com o Irã e mesmo nas loucuras espalhafatosas que Donald Trump está fazendo no Oriente Médio. Lembrando que o governo Donald Trump não é mais o que iniciou porque mais de 15 elementos já foram substituídos. A começar por Steve Bannon, o grande estrategista de sua vitória eleitoral, que foi totalmente forjada por setores do grande capital.

A mudança da embaixada norte americana para Jerusalém criou essa enorme desestabilização no Oriente Médio. O assassinato de mais de 60 palestinos na Faixa de Gaza de maneira truculenta, usando armamento letal contra protestos de massas levou, inclusive, a que a Turquia expulsasse o embaixador de Israel em Ancara e que a Autoridade Palestina chamasse de volta seu embaixador nos Estados Unidos. A crise entre a Arábia Saudita e o Irã cada vez se agudiza mais e essa é uma outra fonte de guerra mundial. O Hesbollah tem se fortalecido muito e é o único grupo armado que conseguiu derrotar Israel duas vezes, em 2000 quando este país foi obrigado a se retirar do sul do Líbano e depois na guerra de 2007.

A situação do sistema político mundial é de enorme crise. É uma crise do capitalismo em escala mundial e um problema enorme para o imperialismo. O desespero aumenta na medida em que o bolo fica cada vez mais reduzido. E esta é a raiz da crise de todos os regimes políticos na atualidade.

+ Política

O que está acontecendo na França?

O que está acontecendo na França?

Os protestos que têm acontecido na França nas últimas semanas representam um dos principais sintomas...

A classe operária entrará em movimento?

A classe operária entrará em movimento?

A situação de levante popular na França indica uma mudança na situação da luta de...

A crise do lulismo e a luta dos trabalhadores

A crise do lulismo e a luta dos trabalhadores

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, liberou esta semana o julgamento de...

O fim do Lulismo

O fim do Lulismo

  A condenação de Lula de 12 anos e 1 mês de prisão por corrupção...

Liberdade para Lula!  Fora Bolsonaro e o golpe militar!

Liberdade para Lula! Fora Bolsonaro e o golpe militar!

O depoimento de Lula no dia 14 de novembro, sobre o processo do sítio de...

Militares brasileiros, nacionalistas ou golpistas?

Militares brasileiros, nacionalistas ou golpistas?

A vitória de Jair Bolsonaro no Brasil faz parte da guerra “silenciosa” (híbrida, assíncrona, ou...

Dia de luta contra a Reforma da Previdência de Bolsonaro/Paulo Guedes

Dia de luta contra a Reforma da Previdência de Bolsonaro/Paulo Guedes

  A chapa Bolsonaro/Paulo Guedes venceu as eleições presidenciais de 2018 porque o PT, apoiado...

Agora como farsa?

Agora como farsa?

Por Paulo Uribe A partir de golpe de Estado, em 31 de março de 1964,...

Golpe militar em andamento. O que fazer?

Golpe militar em andamento. O que fazer?

Os ataques contra os trabalhadores vêm de maneira acelerada com o governo Bolsonaro. Praticamente todos...

“Lei do Abate”, autonomia da polícia

“Lei do Abate”, autonomia da polícia

Quais as consequências para os trabalhadores e a população pobre e negra dos subúrbios? Por...

As centrais sindicais devem chamar uma Plenária Nacional de Mobilização

As centrais sindicais devem chamar uma Plenária Nacional de Mobilização

O governo Bolsonaro já está, de fato, no comando do país. Nenhuma medida do governo...

A “esquerda” legalizou o golpe “bolsonarista”

A “esquerda” legalizou o golpe “bolsonarista”

  Desde o impeachment de Dilma, que foi um golpe parlamentar, a direita apertou o...

Como lutar contra o governo Bolsonaro?

Como lutar contra o governo Bolsonaro?

As eleições de outubro de 2018 representaram uma das maiores fraudes dos últimos tempos. A...

Contra o golpe militar em andamento! Nenhum acordo com Bolsonaro!

Contra o golpe militar em andamento! Nenhum acordo com Bolsonaro!

No segundo turno das eleições presidenciais no Brasil, venceu a fraude eleitoral do imperialismo norte-americano,...

Against the military coup in progress

Against the military coup in progress

BRAZIL No agreements with Bolsonaro   In the second round of presidential elections in Brazil,...

28 de outubro - Eleições de carta marcada - 00confirma

28 de outubro - Eleições de carta marcada - 00confirma

Nos últimos dias antes das eleições, ficou claro que além de ser um circo eleitoral,...

Bolsonaro, o Trump brasileiro

Bolsonaro, o Trump brasileiro

Encontro de Eduardo Bolsonaro com Steve Bannon Foto: Reprodução A vitória de Donald Trump em...

Muito mais que eleições, os trabalhadores precisam se organizar para lutar

Muito mais que eleições, os trabalhadores precisam se organizar para lutar

Por Antônio Fernando Analisando a conjuntura atual, vemos que a crise do sistema, que só...

O PT como oposição golpista consentida

O PT como oposição golpista consentida

É importante fazer a discussão do processo eleitoral compreendendo o contexto do golpe de Estado...

Bolsonaro não é fascista! Pode ser uma ameaça ainda maior!

Bolsonaro não é fascista! Pode ser uma ameaça ainda maior!

Por Sergio Lessa Há uma enorme confusão na avaliação do cenário político nacional, nestes dias...

Por que a vitória de Bolsonaro é praticamente certa?

Por que a vitória de Bolsonaro é praticamente certa?

O grande ponto que deve ser avaliado, em se tratando das eleições no Brasil, é...

A saga de um traidor. Doria e sua política (neo) liberal

A saga de um traidor. Doria e sua política (neo) liberal

Por Florisvaldo Lopes     No debate realizado pela TV Bandeirantes, o candidato do PSDB...

Segundo turno. Duas caras da mesma moeda

Segundo turno. Duas caras da mesma moeda

Por Florisvaldo Lopes Após uma grande polarização entre Haddad (PT), uma aposta do imperialismo europeu,...

Haddad faz gol contra

Haddad faz gol contra

A campanha do PT no segundo turno está bem diferente da campanha do primeiro turno....

Haddad é Lula?

Haddad é Lula?

Recentemente apareceu nas notícias que Fernando Haddad teria visitado o ex-presidente do Supremo Tribunal Federal...

Haddad, semeando derrotas

Haddad, semeando derrotas

A recente campanha de Fernando Haddad tem se mostrado um desastre completo que está conduzindo...

Haddad joga para perder

Haddad joga para perder

A campanha de Fernando Haddad, como candidato do Partido dos Trabalhadores (PT), no segundo turno...

Haddad joga para perder no 2º turno?

Haddad joga para perder no 2º turno?

    As eleições de 2018 acontecem como parte do processo golpista e servem para...

A delação de Palocci pode derrubar Haddad?

A delação de Palocci pode derrubar Haddad?

Recentemente foram liberadas pelo juiz Sergio Moro as delações do ex-ministro Antonio Palocci, há 6...

O STF e o Golpe

O STF e o Golpe

O golpe de Estado no Brasil progride com contradições, mas progride. Já temos falado várias...

Voto nulo nas eleições golpistas #00confirma

Voto nulo nas eleições golpistas #00confirma

Na semana passada foi realizada na grande mídia uma campanha de desconstrução da candidatura de...

Mudança imperialista aos 45 minutos do 1.º tempo do jogo político no Brasil.

Mudança imperialista aos 45 minutos do 1.º tempo do jogo político no Brasil.

Por Florisvaldo Lopes O imperialismo, principalmente o norte-americano, que deu o golpe na dita “democracia”...

Haddad “adotado” pelos Rothschild?

Haddad “adotado” pelos Rothschild?

É corrente nos meios de comunicação de massas a afirmação de que as eleições deste...

Rachaduras na candidatura Bolsonaro

Rachaduras na candidatura Bolsonaro

O evento mais importante da semana foi a matéria de capa da revista The Economist,...

O roteiro golpista no Brasil

O roteiro golpista no Brasil

O golpe de Estado deve ser visto como um processo que começa em 2005 na...

A candidatura Haddad e as eleições golpistas

A candidatura Haddad e as eleições golpistas

Esta semana tivemos a oportunidade de observar como a burguesia manipula o processo eleitoral especificamente...

América Latina rumo ao precipício

América Latina rumo ao precipício

A crise capitalista mundial tem forte influência no Brasil e na América Latina. O centro...

Bolsonaro e os militares

Bolsonaro e os militares

  Na atual conjuntura, é muito válida a célebre máxima do grande filósofo alemão Friedrich...

Haddad, Bolsonaro e o Golpe

Haddad, Bolsonaro e o Golpe

O “atentado” contra Jair Bolsonaro, candidato à presidência da República pelo Partido Social Liberal (PSL),...

Venezuela – qual o significado das novas medidas econômicas?

Venezuela – qual o significado das novas medidas econômicas?

  Entrou em vigor, no dia 20 de agosto, o pacote de medidas econômicas adotas...

Aos trabalhadores brasileiros

Aos trabalhadores brasileiros

Por Florisvaldo Lopes Caros camaradas, Nesse momento em nosso país enfrentamos uma das maiores crises...

Bolsonaro - mais que uma facada

Bolsonaro - mais que uma facada

O recente ataque a Bolsonaro durante caminhada em Juiz de Fora/MG, acabou representando todo um...

Como se posicionar nas eleições golpistas?  #00Confirma

Como se posicionar nas eleições golpistas? #00Confirma

O candidato tucano do PT, Fernando Haddad, pode até decolar, mas vai encontrar muitos ataques...

É ilusão pensar que é possível repetir o governo Lula

É ilusão pensar que é possível repetir o governo Lula

  A propaganda eleitoral do Partido dos Trabalhadores está calcada em cima da perseguição política...

Lula com 40% e o imperialismo ainda não definiu seu candidato

Lula com 40% e o imperialismo ainda não definiu seu candidato

  Lula é líder absoluto nas pesquisas de intenção de voto para presidente da república....

Haddad X Bolsonaro no 2º turno?   #00confirma

Haddad X Bolsonaro no 2º turno? #00confirma

  Esta semana, as pesquisas de intenção de voto à Presidência da República deram a...

O que revelam as pesquisas eleitorais - #00confirma

O que revelam as pesquisas eleitorais - #00confirma

A esquerda ligada à política eleitoreira e de conciliação de classes tem impulsionado uma série...

#00confirma

#00confirma

A ditadura do judiciário fica cada vez mais clara em todos os sentidos, apesar deste...

O imperialismo e os donos da padaria

O imperialismo e os donos da padaria

Para quem diz que Alckmin é o candidato natural do imperialismo tem de ver que...

O circo eleitoral

O circo eleitoral

O ponto que devemos destacar nessa semana é a continuidade do circo eleitoral. O debate...

Gazeta Revolucionária [pdf]

 gr19 capa

Números Anteriores


AcordaTI 01capa  


 Acorda Vargem Grande 0 capa


Acorda Educador 0 capa