Quarta, 16 Janeiro 2019

BRAZIL

No agreements with Bolsonaro

 

atirandob

In the second round of presidential elections in Brazil, the electoral fraud was imposed by the US imperialism, which aims to impose a new model for Latin America. This model would be a kind of Argentinian "Macrism" with bayonets.

The coup d'état in Brazil, which remained in the antechamber of the military regime, was legalized by the capitulation of the PT (Labour Party) in the first place. But not only by the PT, but also by all the political parties of the "New Republic" (Constitution of 1988), from PSOL (Socialist Party with Freedom) to PSDB (neoliberalistic party), through PDT (so called labour party, but actually rightist) and Ciro Gomes (candidate of PDT), Marina Silva, MDB (Brazilian Democratic Party) etc.

Fernando Haddad was imposed, in practice, as the PT candidate, by the pressure of the coup. This candidacy led to an unprecedented Party directization. Haddad even praised LavaJato (Carwash) Operation and Judge Sergio Moro (leader of LavaJato). He sought alliances with elements of the right that gave birth to Bolsonarism; such as FHC (Fernando Henrique Cardos), Geraldo Alckmin (PSDB candidate and ex governor of Sao Paulo State), Joaquim Barbosa (ex president of Supreme Court and principal prosecutor of PT during Mensalao process in second half of last years) and even the element of LavaJato, Rodrigo Janot, to whom the Ministry of Justice had been offered.

The politics of the Haddad candidacy represented a clear demoralization for the PT militants, as well as an electoral and political suicide. The bulk of the votes on the right had already migrated to Bolsonaro, as it had been clear in the first round of the elections. Haddad did not intend any action in the mass movement, where votes were to be sought. It should be triggered by setting up a program of fights against the attacks and mobilization of the masses in the streets.

The demoralization of PT and the left was a planned policy. Haddad, like Ciro Gomes and the entire centrist right, did not want to win the elections, although support from the finantial speculators was flung from the cover of The Economist magazine on September 20, 2018 against Jair Bolsonaro. The Congress, the main Brazilian states and the STF (Federal Supreme Court) were under the control of the Bolsonarists or the military.

The role of Haddad and of the whole center of the regime as components of the developing military coup orchestrated by US imperialism was to legalize the Bolsonaro government through participation in the coup electoral circus and later recognize the defeat and thus validating it. Haddad's speech after the second round was so bad that one of the first places where it was released was on the Youtube channel "Military Intervention in Brazil". He also said that he will "dialogue" with Bolsonaro, which will obviously happen within the policy of the consented opposition. Therefore, we have the left integrated to the regime converted in a left that agrees with the coup government of Bolsonaro; that is, it itself has become an openly coup-left integrated.

The political parties standing by the Constitution of 1988 bet on Bolsonaro to do the dirty work, to impose brutal attacks against the workers so they could return on next elections in 2022. The mistake of this calculation has a name, General Mourão, the general of four stars, Vice President of the Bolsonaro. He could even replace Bolsonaro, placing the military directly in the first line of the regime, and esacalating the military coup. This model is at the top of the policy of US imperialism, including the whole world. He must increase attacks on the Latin American masses in order to stabilize the fall in the world's rate of profit of “multinational” companies, as the deepening of the capitalist crisis has led to growing defeats of the USA in all other regions.

US imperialism through Bolsonaro is preparing brutal attacks on the workers for the next period. And the urgency is so great that the pension “reform” has already been put on the agenda for next November, even before Bolsonaro took over that will happen in January. The further pace of the attacks will depend on the world crisis, especially in the United States, which will face the Mid-Term elections in November, with the Democrats likely to win a majority in Congress and put Donald Trump even more on the ropes.

The Bolsonaro government is being built through a set of mechanisms involving bourgeois democracy, Bonapartism, fascism and the military coup. There is no wall between these various components, which is one of the mistakes in the assessment of left-wing groups that are debating whether Bolsonaro would be fascist and whether a policy against fascism should be put up.

For the next period, revolutionaries must prepare to organize the struggle of the working class and the masses that will be set in motion by the intensity of the attacks. It is necessary to stir up and propagandize the slogans that call this organization.

Out Bolsonaro and the military coup!
A workers’struggle plan against the attacks!
A national meeting of workers’ representants!
Out imperialism of Brazil and Latin America!

+ Política

Campanha pela Liberdade de Cesare Battisti

Campanha pela Liberdade de Cesare Battisti

O ativista italiano Casare Battisti foi preso na noite de ontem, 12 de janeiro, em...

Por que é inevitável um levante dos trabalhadores?

Por que é inevitável um levante dos trabalhadores?

  Por Florisvaldo Lopes Com a crise estrutural do capitalismo, a tendência é de muito...

A luta no mínimo

A luta no mínimo

 Bolsonaro tomou posse no dia 1º de janeiro de 2019 com enorme deslocamento de tropas...

Todo apoio à Venezuela!  Abaixo a agressão imperialista!

Todo apoio à Venezuela! Abaixo a agressão imperialista!

A posse de Jair Bolsonaro no dia 1º de janeiro, foi um momento importante para...

PT e CUT, versão light 2019

PT e CUT, versão light 2019

  Esse início de 2019 marca uma virada histórica na situação nacional e no movimento...

Por una campaña internacional en defensa de Venezuela

Por una campaña internacional en defensa de Venezuela

  ¡Contra la agresión imperialista a Venezuela! ¡Qué Maduro arme a todos los trabajadores!  ...

An international campaign in defense of Venezuela

An international campaign in defense of Venezuela

  No to the imperialist aggression against Venezuela! Maduro must weaponize all the workers!  ...

Por uma campanha internacional em defesa da Venezuela

Por uma campanha internacional em defesa da Venezuela

    Contra a agressão imperialista à Venezuela! Que Maduro arme todos os trabalhadores!  ...

Venezuela como expressão da crise mundial

Venezuela como expressão da crise mundial

O ano de 2018 encerra com um claro aprofundamento da crise capitalista mundial. A economia...

A morte do PT e a construção do Partido Revolucionário

A morte do PT e a construção do Partido Revolucionário

Na semana passada, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio Melo concedeu liminar...

Qual o significado do fim do lulismo?

Qual o significado do fim do lulismo?

Às vésperas da posse de Bolsonaro como presidente da República, se projeta um ano de...

O fim da esquerda oportunista

O fim da esquerda oportunista

As declarações públicas do presidente da CUT (Central Única dos Trabalhadores), Vagner Freitas, representaram um...

O parasitismo financeiro contra o Brasil

O parasitismo financeiro contra o Brasil

No dia 13 de dezembro de 2018, a Câmara dos Deputados quase aprovou a Lei...

Os escândalos contra Bolsonaro: regime militar aberto

Os escândalos contra Bolsonaro: regime militar aberto

Recentemente, estouraram vários escândalos sobre a família Bolsonaro. Vários deles se relacionam com revelações do...

Fora Bolsonaro e o Golpe Militar!

Fora Bolsonaro e o Golpe Militar!

A crise está instalada no futuro governo com a denúncia de corrupção contra a família...

O que está acontecendo na França?

O que está acontecendo na França?

Os protestos que têm acontecido na França nas últimas semanas representam um dos principais sintomas...

A classe operária entrará em movimento?

A classe operária entrará em movimento?

A situação de levante popular na França indica uma mudança na situação da luta de...

A crise do lulismo e a luta dos trabalhadores

A crise do lulismo e a luta dos trabalhadores

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, liberou esta semana o julgamento de...

O fim do Lulismo

O fim do Lulismo

  A condenação de Lula de 12 anos e 1 mês de prisão por corrupção...

Liberdade para Lula!  Fora Bolsonaro e o golpe militar!

Liberdade para Lula! Fora Bolsonaro e o golpe militar!

O depoimento de Lula no dia 14 de novembro, sobre o processo do sítio de...

Militares brasileiros, nacionalistas ou golpistas?

Militares brasileiros, nacionalistas ou golpistas?

A vitória de Jair Bolsonaro no Brasil faz parte da guerra “silenciosa” (híbrida, assíncrona, ou...

Dia de luta contra a Reforma da Previdência de Bolsonaro/Paulo Guedes

Dia de luta contra a Reforma da Previdência de Bolsonaro/Paulo Guedes

  A chapa Bolsonaro/Paulo Guedes venceu as eleições presidenciais de 2018 porque o PT, apoiado...

Agora como farsa?

Agora como farsa?

Por Paulo Uribe A partir de golpe de Estado, em 31 de março de 1964,...

Golpe militar em andamento. O que fazer?

Golpe militar em andamento. O que fazer?

Os ataques contra os trabalhadores vêm de maneira acelerada com o governo Bolsonaro. Praticamente todos...

“Lei do Abate”, autonomia da polícia

“Lei do Abate”, autonomia da polícia

Quais as consequências para os trabalhadores e a população pobre e negra dos subúrbios? Por...

As centrais sindicais devem chamar uma Plenária Nacional de Mobilização

As centrais sindicais devem chamar uma Plenária Nacional de Mobilização

O governo Bolsonaro já está, de fato, no comando do país. Nenhuma medida do governo...

A “esquerda” legalizou o golpe “bolsonarista”

A “esquerda” legalizou o golpe “bolsonarista”

  Desde o impeachment de Dilma, que foi um golpe parlamentar, a direita apertou o...

Como lutar contra o governo Bolsonaro?

Como lutar contra o governo Bolsonaro?

As eleições de outubro de 2018 representaram uma das maiores fraudes dos últimos tempos. A...

Contra o golpe militar em andamento! Nenhum acordo com Bolsonaro!

Contra o golpe militar em andamento! Nenhum acordo com Bolsonaro!

No segundo turno das eleições presidenciais no Brasil, venceu a fraude eleitoral do imperialismo norte-americano,...

Against the military coup in progress

Against the military coup in progress

BRAZIL No agreements with Bolsonaro   In the second round of presidential elections in Brazil,...

28 de outubro - Eleições de carta marcada - 00confirma

28 de outubro - Eleições de carta marcada - 00confirma

Nos últimos dias antes das eleições, ficou claro que além de ser um circo eleitoral,...

Bolsonaro, o Trump brasileiro

Bolsonaro, o Trump brasileiro

Encontro de Eduardo Bolsonaro com Steve Bannon Foto: Reprodução A vitória de Donald Trump em...

Muito mais que eleições, os trabalhadores precisam se organizar para lutar

Muito mais que eleições, os trabalhadores precisam se organizar para lutar

Por Antônio Fernando Analisando a conjuntura atual, vemos que a crise do sistema, que só...

O PT como oposição golpista consentida

O PT como oposição golpista consentida

É importante fazer a discussão do processo eleitoral compreendendo o contexto do golpe de Estado...

Bolsonaro não é fascista! Pode ser uma ameaça ainda maior!

Bolsonaro não é fascista! Pode ser uma ameaça ainda maior!

Por Sergio Lessa Há uma enorme confusão na avaliação do cenário político nacional, nestes dias...

Por que a vitória de Bolsonaro é praticamente certa?

Por que a vitória de Bolsonaro é praticamente certa?

O grande ponto que deve ser avaliado, em se tratando das eleições no Brasil, é...

A saga de um traidor. Doria e sua política (neo) liberal

A saga de um traidor. Doria e sua política (neo) liberal

Por Florisvaldo Lopes     No debate realizado pela TV Bandeirantes, o candidato do PSDB...

Segundo turno. Duas caras da mesma moeda

Segundo turno. Duas caras da mesma moeda

Por Florisvaldo Lopes Após uma grande polarização entre Haddad (PT), uma aposta do imperialismo europeu,...

Haddad faz gol contra

Haddad faz gol contra

A campanha do PT no segundo turno está bem diferente da campanha do primeiro turno....

Haddad é Lula?

Haddad é Lula?

Recentemente apareceu nas notícias que Fernando Haddad teria visitado o ex-presidente do Supremo Tribunal Federal...

Haddad, semeando derrotas

Haddad, semeando derrotas

A recente campanha de Fernando Haddad tem se mostrado um desastre completo que está conduzindo...

Haddad joga para perder

Haddad joga para perder

A campanha de Fernando Haddad, como candidato do Partido dos Trabalhadores (PT), no segundo turno...

Haddad joga para perder no 2º turno?

Haddad joga para perder no 2º turno?

    As eleições de 2018 acontecem como parte do processo golpista e servem para...

A delação de Palocci pode derrubar Haddad?

A delação de Palocci pode derrubar Haddad?

Recentemente foram liberadas pelo juiz Sergio Moro as delações do ex-ministro Antonio Palocci, há 6...

O STF e o Golpe

O STF e o Golpe

O golpe de Estado no Brasil progride com contradições, mas progride. Já temos falado várias...

Voto nulo nas eleições golpistas #00confirma

Voto nulo nas eleições golpistas #00confirma

Na semana passada foi realizada na grande mídia uma campanha de desconstrução da candidatura de...

Mudança imperialista aos 45 minutos do 1.º tempo do jogo político no Brasil.

Mudança imperialista aos 45 minutos do 1.º tempo do jogo político no Brasil.

Por Florisvaldo Lopes O imperialismo, principalmente o norte-americano, que deu o golpe na dita “democracia”...

Haddad “adotado” pelos Rothschild?

Haddad “adotado” pelos Rothschild?

É corrente nos meios de comunicação de massas a afirmação de que as eleições deste...

Rachaduras na candidatura Bolsonaro

Rachaduras na candidatura Bolsonaro

O evento mais importante da semana foi a matéria de capa da revista The Economist,...

O roteiro golpista no Brasil

O roteiro golpista no Brasil

O golpe de Estado deve ser visto como um processo que começa em 2005 na...

Gazeta Revolucionária [pdf]