Quarta, 25 Abril 2018

imperialismo2.fw

No Brasil, o imperialismo norte-americano depôs a presidenta Dilma Rousseff, encarcerou o ex presidente Lula e avança a passos largos na tentativa de atacar em cheio os trabalhadores.

No Peru, depôs o ex presidente Pedro Paulo Kuczinski. Assumiu no lugar o vice presidente Martin Viscarra, seguindo o roteiro que já conhecemos no Brasil por conta de Michel Temer. Supostamente Viscarra promoveria uma série de medidas no Peru para estabilizar o país. Mas ele próprio se encontra envolvido em denuncias de corrupção, igual a Temer, como, por exemplo, a denúncia que o relaciona com a construção do aeroporto da cidade de Cusco, no Peru. Se trata de um circo armado para ir evoluindo em cima do endurecimento do regime político na América Latina.

O imperialismo está com extremo medo de aplicar ataques diretos principalmente em uma situação em que a lembrança das ditaduras militares na região está muito fresca. No Brasil, as atrocidades foram relativamente menores; nos números oficiais, teriam desaparecido supostamente 400 pessoas. Já a Comissão da Verdade elevou esse número para quase 1.000, além de mais de 9.000 índios que tinham desaparecido na pressão para se apropriar de terras indígenas. Foi um número relativamente pequeno se comparado com as atrocidades que a ditadura militar cometeu na Argentina onde desapareceram pelo menos 30.000 pessoas, da maneira mais abominável possível, até com sequestros de crianças.

O grande fato no Peru foi que um elemento diretamente ligado ao imperialismo mas que não contava com a confiança do grosso da burguesia, apesar dele ter sido ministro da Economia nos últimos governos, foi colocado para fora do governo peruano. Se trata de um passo a passo direcionado ao endurecimento do governo no país e é a mesma política que está colocada para toda a América Latina e até para o mundo inteiro.


A crise terminal da esquerda burguesa e pequeno burguesa

O papel da esquerda no Peru e que também segue o mesmo roteiro que a esquerda no Brasil tem sido nefasto, assim como acontece em toda a região e o mundo. A chamada Frente Ampla peruana apoiou diretamente o governo de Pedro Pablo Kucinski com a desculpa de que estaria defendendo a democracia contra a ditadura da extrema direita fujimorista. Isso lembra muito o que o PT tem feito no Brasil; ficar o tempo inteiro fazendo negociatas com a direita com um principal objetivo que é preservar os próprios cargos e regalias, preservar a estabilidade institucional com a integração absoluta da frente popular ao regime burguês. Quando essa Frente Ampla acabou se dividindo surge um grupo chamado Novo Peru, que se absteve na votação de impeachment contra Kucinski que imediatamente adotou a medida de indultar o ex-presidente Alberto Fujimori, que foi um dos maiores sanguinários do país.

O imperialismo avança rapidamente para endurecer o regime político. Isso é extremamente importante porque é uma discussão, um debate, colocado na esquerda, se o governo Macri ou o governo Temer seriam os governos ideais. Há uma boa parte da esquerda dizendo que o Brasil não iria para uma ditadura militar, para um governo de cunho bonapartista em primeiro lugar, mas sempre apontando para um regime de extrema direita bravo, como foi o AI-5 (Ato Institucional), porque esses governos dariam conta do recado. Só agora, depois da intervenção militar no Rio de Janeiro, a situação política começou a ficar muito mais clara.

A integração da esquerda oficial ao regime político burguês tem crescido de maneira absoluta e relativa, levando-a a um desligamento cada vez maior do movimento de massas, o que é natural, pois se trata de uma esquerda em fase terminal.

Em direção ao bonapartismo

No "O 18 Brumário de Luís Bonaparte”, escrito por Karl Marx em 1852, foi mostrado como a direita, devido à evolução da luta de classes, ao medo da extrema direita e do movimento de massas, acaba adotando uma série de medidas reacionárias que levam o país diretamente para um novo golpe militar.

Neste momento, uma tese importante é que o imperialismo está com muito medo de avançar para impor um golpe militar aberto, como as ditaduras fascistoides que infectaram a América Latina na década de 1970. A política do imperialismo é impor regimes bonapartistas na América Latina, onde controla a região a ferro e fogo para extrair até a última gota de sangue dos trabalhadores. É a mesma política que intenta impor no mundo inteiro, mas com muitas maiores dificuldades.

Neste momento, com os governos de frente popular sob controle e a maior parte deles sendo retirados dos governos, o imperialismo está dando o próximo passo, está atacando a direita centrista de todos os países. Isso tem acontecido no caso do Brasil com Michel Temer, no caso do Peru com Pedro Paulo Kucinski, no Uruguai com o governo da Frente Ampla em que a probabilidade de ganhar as eleições no próximo ano é praticamente zero. No Chile, o governo da Consertación de Michelle Bachelet foi vencido pelo direitista Sebastian Piñeira que ainda é um governo centrista, apesar dele ser um elemento importante da direita que manteve, como empresário importante, ligações próximas ao ditador Augusto Pinochet.

Na América Latina inteira, o imperialismo avança para impor governos de cunho bonapartista, por fora do regime parlamentar, porque não tem escolha já que os governos atuais estão extremamente enfraquecidos por conta do aprofundamento da crise capitalista mundial.

O grande capital tem medo do novo colapso capitalista mundial que está colocado. O último aconteceu em 2008. As crises têm se repetido a cada 10 anos, mais ou menos. No próximo período, deverá acontecer um novo enorme colapso, que deverá levar inevitavelmente a um novo ascenso do movimento de massas. E quem irá contê-lo? As frentes populares atuais estão praticamente liquidadas, extremamente desgastadas e muito integradas ao regime político. A direita centrista também está extremamente desgastada.

Quem irá defender o regime contra um forte ascenso de massas mesmo que se trate de movimento espontâneo? Só pode ser a força bruta, a força militar.

O movimento de massas se encontra neste momento paralisado no Brasil e no mundo apesar de que houve alguns movimentos da classe operária na França. Mas por quanto tempo permanecerá paralisado? E o que irá acontecer se esse movimento conseguir ultrapassar a burocracia sindical e a burocracia política das frentes populares?

É óbvio que se o movimento de massas, em cima de uma grande crise, não for contido a própria sobrevida do capitalismo será colocada em xeque. Estamos vivendo uma época de guerras cada vez mais ampla em vários pontos do globo. As revoluções ainda não aparecem de maneira muito clara. As últimas foram as revoluções que aconteceram por causa do impacto da crise de 2008, mas foram rapidamente cooptadas pelos serviços de inteligência, da extrema direita mundial, do imperialismo, das monarquias reacionárias do Oriente Médio, do norte da África e do Sahel. Mas o enfraquecimento do capitalismo avança a passos largos em direção aos grandes centros.

+ Política

A crise material da política de frente popular

A crise material da política de frente popular

No Brasil, a política de frente popular começou a entrar em crise de maneira muito...

Bashar al-Assad, Putin, Xi Jinping, Lula – Que defesa?

Bashar al-Assad, Putin, Xi Jinping, Lula – Que defesa?

Uma coisa interessante é que o bombardeio da Síria pelos Estados Unidos, França e Reino...

O declínio da frente popular e a prisão de Lula - I

O declínio da frente popular e a prisão de Lula - I

A prisão de Lula e os acontecimentos da Síria com o bombardeio recente dos Estados...

A crise do Oriente Médio no contexto mundial

A crise do Oriente Médio no contexto mundial

Temos observado na imprensa capitalista mundial que os Estados Unidos tenta fazer uma campanha contra...

A crise mundial e a implosão do PT

A crise mundial e a implosão do PT

Em 2012, a política de contenção da crise mundial acabou fracassando. A tentativa de contê-la...

O nacionalismo do PT

O nacionalismo do PT

A política do PT no governo gerou algumas contradições, embora que pequenas, com o imperialismo....

As leis do capital em ação

As leis do capital em ação

O desenvolvimento tecnológico é imposto pela própria concorrência capitalista porque, se ele não avançar, leva...

Série: Golpe de Estado

Série: Golpe de Estado

O efeito borboleta e a prisão de Lula  Recentemente a prisão de Lula ocorreu da...

O efeito borboleta e a prisão de Lula

O efeito borboleta e a prisão de Lula

Recentemente a prisão de Lula ocorreu da maneira mais incrível e, para os analistas mais...

O imperialismo no epicentro dos golpes

O imperialismo no epicentro dos golpes

No Brasil, o imperialismo norte-americano depôs a presidenta Dilma Rousseff, encarcerou o ex presidente Lula...

Contra Lula e Temer: a mesma política imperialista na América Latina

Contra Lula e Temer: a mesma política imperialista na América Latina

    Neste momento após o indeferimento do habeas corpus do ex-presidente Lula no STF...

Construir um partido para a revolução e não para a eleição

Construir um partido para a revolução e não para a eleição

Um fantasma gerado pela maior crise econômica do capitalismo ronda o mundo, uma guerra catastrófica...

Todos às ruas para barrar o avanço do golpe de Estado!

Todos às ruas para barrar o avanço do golpe de Estado!

O sinistro juiz Sérgio Moro não perdeu tempo para expedir a ordem de prisão de...

STF nega Habeas Corpus para Lula

STF nega Habeas Corpus para Lula

GOLPE DE ESTADO DÁ UM PASSO ADIANTE O Supremo Tribunal Federal em sessão plenária realizada...

A crise capitalista se espalha

A crise capitalista se espalha

Recentemente, fomos surpreendidos pela prisão dos amigos do presidente da República do Brasil, Michel Temer,...

A prisão dos amigos de Michel Temer

A prisão dos amigos de Michel Temer

O que significa a prisão dos amigos de Temer envolvidos no esquema de propinas recebidas...

Racha no STF eleva a crise às alturas

Racha no STF eleva a crise às alturas

O racha no Supremo Tribunal Federal (STF) ficou evidente e sua crise foi às alturas...

As eleições sem Lula e o golpe militar

As eleições sem Lula e o golpe militar

  Quatro pontos devem ser considerados na hora de avaliar essas duas questões. Em primeiro...

A crise do STF e a luta de classes

A crise do STF e a luta de classes

O fato de não ter ocorrido a reunião informal dos ministros do STF marcada para...

O governo do PT e o golpe contra os trabalhadores

O governo do PT e o golpe contra os trabalhadores

As coisas devem ser analisadas como elas são, a política vai avançando conforme a evolução...

Concentração da crise no governo federal

Concentração da crise no governo federal

A crise se concentra justamente no governo federal. Um caso que ilustra bem essa realidade...

 O assassinato da vereadora do PSOL no Rio  e a reação errada da esquerda

O assassinato da vereadora do PSOL no Rio e a reação errada da esquerda

  O assassinato de Marielle Franco, vereadora do Rio de Janeiro, do PSOL, representa mais...

Combate ao tráfico é novo álibi do golpe

Combate ao tráfico é novo álibi do golpe

Chama muito a atenção que o ministro do STF, Luís Roberto Barroso, tenha partido para...

A prisão de Lula e a ditadura do Judiciário

A prisão de Lula e a ditadura do Judiciário

Cada vez fica mais claro que o estado de exceção que existe hoje no Brasil...

A classe operária está morta?

A classe operária está morta?

No Brasil, somados a todos os ataques que o imperialismo impõe que sejam aplicados, como...

América Latina, a onda agora é contra o crime organizado

América Latina, a onda agora é contra o crime organizado

O aprofundamento da crise capitalista se reflete em todas as regiões do mundo, inclusive na...

Mar do Sul da China, uma zona de risco

Mar do Sul da China, uma zona de risco

O aprofundamento da crise também se revela na crise do imperialismo no Mar do Sul...

Os gasodutos da discórdia

Os gasodutos da discórdia

Como explicar as contradições entre a Administração Trump e a Rússia, sendo que Trump tentou...

Os deslocamentos na Síria e região

Os deslocamentos na Síria e região

No Oriente Médio, a crise escala em cima da Síria e do Iêmen. O governo...

Incertezas europeias

Incertezas europeias

Na Europa, a situação é dramática. Após as eleições de outubro na Alemanha, a principal...

A dramática crise nos Estados Unidos

A dramática crise nos Estados Unidos

A crise capitalista nos Estados Unidos é dramática. O endividamento é enorme. A dívida pública...

A política “caótica” de Trump

A política “caótica” de Trump

A política protecionista dos Estados Unidos, sob a Administração de Donald Trump, acirra a competição...

Estados Unidos aumenta as taxas de importação do aço e do alumínio

Estados Unidos aumenta as taxas de importação do aço e do alumínio

O governo norte-americano anunciou o estabelecimento de taxas para a importação de aço e de...

A direita, a esquerda e a classe operária

A direita, a esquerda e a classe operária

A direita avança nos seus projetos de ataque aos direitos trabalhistas, impondo o ajuste fiscal...

O poder burguês é todo corrupto

O poder burguês é todo corrupto

  Para a política revolucionária, não se trata de dizer que um determinado político burguês...

A Odebrecht, a Lava Jato e o golpe militar

A Odebrecht, a Lava Jato e o golpe militar

  Recentemente, apareceram revelações extremamente significativas em relação às delações premiadas da Odebrecht porque um...

Decadência da  “frente popular” encabeçada pelo PT

Decadência da “frente popular” encabeçada pelo PT

   Qual é a posição do PT e da "frente popular" como um todo perante...

Intervenção militar contra os pobres

Intervenção militar contra os pobres

Num primeiro balanço do que o Exército tem feito após a intervenção militar no Rio...

A intervenção militar e a “esquerda”.

A intervenção militar e a “esquerda”.

No Brasil, há uma esquerda que podemos chamar de golpista, porque longe de combater o...

Eleições com intervenção militar?

Eleições com intervenção militar?

A crise aberta com o impedimento da candidatura de Lula, ficou bastante diluída depois da...

Intervenção para conter a explosão social

Intervenção para conter a explosão social

O aprofundamento da luta de classes é a real questão por trás da intervenção militar...

A intervenção militar aprofunda o golpe

A intervenção militar aprofunda o golpe

Para resolver o problema do tráfico de drogas só existe uma saída real, que não...

O exército como polícia é o caos

O exército como polícia é o caos

  O exército sempre foi um fracasso total nas intervenções das forças armadas para resolver...

Ultrapassando todos os limites da lei

Ultrapassando todos os limites da lei

  O parágrafo único do artigo 2.º do decreto que referendou a intervenção militar no...

A falsa luta contra o crime organizado

A falsa luta contra o crime organizado

 A campanha contra o crime organizado no Brasil aumentou muito e vai aumentar ainda mais....

A verdade sobre a intervenção militar no Rio de Janeiro

A verdade sobre a intervenção militar no Rio de Janeiro

Em primeiro lugar a intervenção militar no Rio de Janeiro deve ser contextualizada. A pergunta...

A pacificação do movimento de massas na China e região

A pacificação do movimento de massas na China e região

Na China, o sindicalismo é estatal. O movimento operário foi atrelado ao estado e se...

Os negócios da China

Os negócios da China

Como ficou claro no 19º Congresso do Partido Comunista Chinês, que aconteceu em outubro, o...

O custo da aceleração produtiva chinesa

O custo da aceleração produtiva chinesa

O custo da aceleração produtiva chinesa se relaciona, em primeiro lugar, com um alto grau...

A China no contexto da crise mundial

A China no contexto da crise mundial

Um componente muito importante para compreender o aprofundamento da crise capitalista mundial é entender claramente...

Nacional

A crise material da política de frente popular

23 Abril 2018
A crise material da política de frente popular

No Brasil, a política de frente popular começou a entrar em crise de maneira muito intensa a partir de 2012. Não podemos esquecer quando analisamos a política, a crise de...

Todos às ruas para barrar o avanço do golpe de Estado!

07 Abril 2018
Todos às ruas para barrar o avanço do golpe de Estado!

O sinistro juiz Sérgio Moro não perdeu tempo para expedir a ordem de prisão de Lula, logo após receber ofício do TRF-4 que autorizava a decretação da prisão um dia...

A prisão dos amigos de Michel Temer

03 Abril 2018
A prisão dos amigos de Michel Temer

O que significa a prisão dos amigos de Temer envolvidos no esquema de propinas recebidas devido ao favorecimento de empresas que operam no porto de Santos? Será que é uma...

Educação

Corre a repressão sobre os educadores em Belo Horizonte

23 Abril 2018
Corre a repressão sobre os educadores em Belo Horizonte

No fim do ano de 2017, em Belo Horizonte, o prefeito Alexandre kalil (PHS), uma espécie de Dória mineiro, resolveu abrir mais vagas na Educação Infantil e para isso utilizou-se...

"É que Narciso acha feio o que não é espelho"

22 Abril 2018
"É que Narciso acha feio o que não é espelho"

  "É que Narciso acha feio o que não é espelho" Caetano Veloso    Na semana passada, na tentativa de dar respostas à insatisfação da categoria com o governo Fernando Pimentel...

MORENO COMO VOCÊS? O REI SE INCLINA E MATA

19 Abril 2018
MORENO COMO VOCÊS? O REI SE INCLINA E MATA

Termina a greve dos educadores de Minas Gerais   No dia 18 de abril de 2018, com uma assembleia lotada, mas menor que as anteriores, foi aprovado o fim da...

Gazeta Revolucionária [pdf]

Saiba Mais

Bashar al-Assad, Putin, Xi Jinping,...

Uma coisa interessante é que o bombardeio da Síria pelos...

As guerras híbridas

Trata-se de um método imperialista para atacar os países sem...

A crise da direita tradicional

A direita tradicional passou a ser colocada pelo imperialismo na...

O efeito colateral na esquerda

O movimento de massas está paralisado no Brasil e mesmo...

A morte terceirizada no Carnaval...

No último Domingo dia 04/02 o jovem Lucas Antônio Lacerda...