Sábado, 15 Dezembro 2018

trump 2

A política protecionista dos Estados Unidos, sob a Administração de Donald Trump, acirra a competição no mercado mundial que se expressa na política militar e em contradições em vários lugares no mundo. Essa política é ainda mais acirrada pelo confusionismo total da política de Trump. A política Trump implodiu a política não só do Obama, mas dos Estados Unidos como um todo, para o Oriente Médio, que agora se tornou um caos. Aumentaram as contradições com a Turquia, que é um aliado muito próximo, membro da OTAN (Organização do Tratado do Atlântico Norte); a situação está muito crítica na Síria, no Iêmen e na Palestina; a situação é periclitante na Arábia Saudita e em Israel; a situação é grave em relação ao Japão, à Coréia do Norte e, principalmente, a China e a Rússia, etc. Portanto, o imperialismo está aplicando políticas que cada vez mais têm se tornado mais arriscadas para a própria supervivência do capitalismo mundial. As contradições com a Europa têm disparado.

A crise mundial é muito grande. Os Estados Unidos têm uma bomba relógio que é a dívida pública. Desde as décadas de 1970 e 1980 para cá, os Estados Unidos têm se transformado num grande devedor. Possuem uma dívida pública explosiva, que já supera os U$ 20 trilhões. E tudo isso numa situação em que a China tem vendido títulos do tesouro norte americano, e isso tem criado descompensações com outros mecanismos da disputa mundial como a China e a Rússia tentando suplantar o padrão ouro, apesar de que mais de 60% das transações ainda continuam sendo feitas em dólares.

Sob o impacto de um novo colapso capitalista mundial, os Estados Unidos serão obrigados a manter a economia girando. E como farão isso? Por enquanto a inflação está baixa, mas se sair do controle, que acontecerá? Será necessário acelerar a emissão de títulos públicos, a moeda podre etc., e isso, conduz a uma situação de descontrole. Ou seja, se trata da saída de uma situação mais ou menos de inflação sob controle e até de deflação, para ir à uma situação hiper inflacionária.

A Alemanha, em parte, se recuperou da crise pós-Segunda Guerra Mundial basicamente dessa maneira, mas hoje a mesma política impactaria uma economia mundial atingida por enorme crise que somente vem piorando.

Rumo a uma grande destruição de forças produtivas

Para o próximo período, se tem uma situação que não necessariamente continuará a deflacionar. A deflação é um problema grave, pois há uma baixa de consumo reprimido junto com uma recessão grande, que pode levar a uma estagflação, ou seja, uma economia recessiva com uma situação de hiperinflação. E essa poderia ser a maneira que o imperialismo norte americano encontraria para continuar com a economia funcionando. Porém, conforme Vladimir Ilich Lênin apontou, há mais de cem anos atrás, não há nada mais revolucionário do que a inflação, porque tende a criar uma grande situação de desestabilização. Em resumo, a situação de crise é grande e tende a acontecer no próximo período, em algum momento, uma nova crise semelhante a de 2008, pois tudo o que levou a crise de 2008 está presente novamente e tende a se exacerbar.

O papel da China como estabilizador ainda continua. É um ponto muito importante, mas é preciso ver por quanto tempo. Em algum momento, mais cedo ou mais tarde, a tendência é que venha a estourar. Quanto mais demorar o novo estouro, maior ele será. A partir daí, há outra série de considerações. Uma delas relacionadas às crises inter imperialistas; outra relacionada com as potências regionais, que é uma situação em que há uma série de acordos e desacordos. Por exemplo, recentemente, houve a declaração do presidente russo, Vladimir Putin, sobre novas armas de defesa, principalmente de mísseis nucleares balísticos; obviamente, há as eleições russas, mas fica claro que se num certo momento a situação sair do controle, facilmente poderá passar para uma guerra de enormes proporções nucleares, e mundial. E tudo isso se relaciona com a atual situação de crise mundial que só pode ir para mais crise, porque a crise é estrutural e não tem saída por vias normais.

A única saída capitalista, para a crise capitalista mundial, seria uma grande destruição de forças produtivas, que pode ser por uma enorme guerra, com muito maior destruição da que já existe hoje. Isso é o que sempre aconteceu desde 1847, quando da primeira crise capitalista mundial, que inclusive esteve na base das revoluções europeias de 1848. O capitalismo continua o mesmo, mas com crises ainda mais exacerbadas. Hoje, as contradições sociais estão relativamente contidas, com a classe operária mundial paralisada, mas em algum momento, no próximo período, a situação irá estourar rumo a um grande enfrentamento das classes sociais contraditórias, a burguesia e o proletariado.

Rumo a um confronto aberto de classes

As contradições sociais aparecem hoje, em primeiro lugar, entre diversos setores da burguesia, devido a que a classe operária está paralisada por causa da traição da burocracia que é gigantesca e vergonhosa, tanto a nível político, sindical, social etc. Essa luta que, na aparência, parece uma luta entre os setores da burguesia, tem no fundo a luta de classes.

No Brasil, o objetivo do imperialismo não é expropriar a Odebrecht, ainda que já esteja expropriando, também busca expropriar a Embraer, a Petrobras, o setor aéreo, o setor elétrico etc. A luta, em última instância, é uma luta econômica, mas o objetivo principal é expropriar a classe operária, aplicar a reforma trabalhista, a reforma da Previdência, reduzir os salários, retirar os programas sociais, e assim sucessivamente.

Portanto, não se trata de uma luta de classes entre frações da burguesia, que, até certo ponto, estão aliadas contra os trabalhadores. A burguesia local acaba se submetendo à burguesia imperialista, por causa do temor a uma insurreição popular. Mas o golpe principal vem contra os trabalhadores, e isso que é a base da luta de classes. A luta econômica em primeiro lugar, tende a se refletir em algum momento na superestrutura política. Sempre aconteceu assim nos últimos 10 mil anos de civilização; sempre a toda ação corresponde uma reação. Sempre quando há um acúmulo de ataques, a situação social estoura. Há toda uma série de manobras para que os ataques venham num crescendo gradual para evitar uma grande desestabilização.

O papel estabilizador principalmente da China, na região Pacífico da Ásia, ainda serve como um certo pulmão do mundo capitalista. Mas é preciso verificar a sobrevida desse papel. Há a política do Novo Caminho da Seda, e uma outra série de manobras que de conjunto representam uma maneira de apagar incêndio com gasolina, pois ainda que dê resultados no início, só pode levar a maiores crises. O aumento da circulação de mercadorias numa situação de superprodução só pode dar lugar a crises ainda piores. O funcionamento das leis intrínsecas ao capitalismo não pode ser eliminado.

+ Política

Fora Bolsonaro e o Golpe Militar!

Fora Bolsonaro e o Golpe Militar!

A crise está instalada no futuro governo com a denúncia de corrupção contra a família...

O que está acontecendo na França?

O que está acontecendo na França?

Os protestos que têm acontecido na França nas últimas semanas representam um dos principais sintomas...

A classe operária entrará em movimento?

A classe operária entrará em movimento?

A situação de levante popular na França indica uma mudança na situação da luta de...

A crise do lulismo e a luta dos trabalhadores

A crise do lulismo e a luta dos trabalhadores

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, liberou esta semana o julgamento de...

O fim do Lulismo

O fim do Lulismo

  A condenação de Lula de 12 anos e 1 mês de prisão por corrupção...

Liberdade para Lula!  Fora Bolsonaro e o golpe militar!

Liberdade para Lula! Fora Bolsonaro e o golpe militar!

O depoimento de Lula no dia 14 de novembro, sobre o processo do sítio de...

Militares brasileiros, nacionalistas ou golpistas?

Militares brasileiros, nacionalistas ou golpistas?

A vitória de Jair Bolsonaro no Brasil faz parte da guerra “silenciosa” (híbrida, assíncrona, ou...

Dia de luta contra a Reforma da Previdência de Bolsonaro/Paulo Guedes

Dia de luta contra a Reforma da Previdência de Bolsonaro/Paulo Guedes

  A chapa Bolsonaro/Paulo Guedes venceu as eleições presidenciais de 2018 porque o PT, apoiado...

Agora como farsa?

Agora como farsa?

Por Paulo Uribe A partir de golpe de Estado, em 31 de março de 1964,...

Golpe militar em andamento. O que fazer?

Golpe militar em andamento. O que fazer?

Os ataques contra os trabalhadores vêm de maneira acelerada com o governo Bolsonaro. Praticamente todos...

“Lei do Abate”, autonomia da polícia

“Lei do Abate”, autonomia da polícia

Quais as consequências para os trabalhadores e a população pobre e negra dos subúrbios? Por...

As centrais sindicais devem chamar uma Plenária Nacional de Mobilização

As centrais sindicais devem chamar uma Plenária Nacional de Mobilização

O governo Bolsonaro já está, de fato, no comando do país. Nenhuma medida do governo...

A “esquerda” legalizou o golpe “bolsonarista”

A “esquerda” legalizou o golpe “bolsonarista”

  Desde o impeachment de Dilma, que foi um golpe parlamentar, a direita apertou o...

Como lutar contra o governo Bolsonaro?

Como lutar contra o governo Bolsonaro?

As eleições de outubro de 2018 representaram uma das maiores fraudes dos últimos tempos. A...

Contra o golpe militar em andamento! Nenhum acordo com Bolsonaro!

Contra o golpe militar em andamento! Nenhum acordo com Bolsonaro!

No segundo turno das eleições presidenciais no Brasil, venceu a fraude eleitoral do imperialismo norte-americano,...

Against the military coup in progress

Against the military coup in progress

BRAZIL No agreements with Bolsonaro   In the second round of presidential elections in Brazil,...

28 de outubro - Eleições de carta marcada - 00confirma

28 de outubro - Eleições de carta marcada - 00confirma

Nos últimos dias antes das eleições, ficou claro que além de ser um circo eleitoral,...

Bolsonaro, o Trump brasileiro

Bolsonaro, o Trump brasileiro

Encontro de Eduardo Bolsonaro com Steve Bannon Foto: Reprodução A vitória de Donald Trump em...

Muito mais que eleições, os trabalhadores precisam se organizar para lutar

Muito mais que eleições, os trabalhadores precisam se organizar para lutar

Por Antônio Fernando Analisando a conjuntura atual, vemos que a crise do sistema, que só...

O PT como oposição golpista consentida

O PT como oposição golpista consentida

É importante fazer a discussão do processo eleitoral compreendendo o contexto do golpe de Estado...

Bolsonaro não é fascista! Pode ser uma ameaça ainda maior!

Bolsonaro não é fascista! Pode ser uma ameaça ainda maior!

Por Sergio Lessa Há uma enorme confusão na avaliação do cenário político nacional, nestes dias...

Por que a vitória de Bolsonaro é praticamente certa?

Por que a vitória de Bolsonaro é praticamente certa?

O grande ponto que deve ser avaliado, em se tratando das eleições no Brasil, é...

A saga de um traidor. Doria e sua política (neo) liberal

A saga de um traidor. Doria e sua política (neo) liberal

Por Florisvaldo Lopes     No debate realizado pela TV Bandeirantes, o candidato do PSDB...

Segundo turno. Duas caras da mesma moeda

Segundo turno. Duas caras da mesma moeda

Por Florisvaldo Lopes Após uma grande polarização entre Haddad (PT), uma aposta do imperialismo europeu,...

Haddad faz gol contra

Haddad faz gol contra

A campanha do PT no segundo turno está bem diferente da campanha do primeiro turno....

Haddad é Lula?

Haddad é Lula?

Recentemente apareceu nas notícias que Fernando Haddad teria visitado o ex-presidente do Supremo Tribunal Federal...

Haddad, semeando derrotas

Haddad, semeando derrotas

A recente campanha de Fernando Haddad tem se mostrado um desastre completo que está conduzindo...

Haddad joga para perder

Haddad joga para perder

A campanha de Fernando Haddad, como candidato do Partido dos Trabalhadores (PT), no segundo turno...

Haddad joga para perder no 2º turno?

Haddad joga para perder no 2º turno?

    As eleições de 2018 acontecem como parte do processo golpista e servem para...

A delação de Palocci pode derrubar Haddad?

A delação de Palocci pode derrubar Haddad?

Recentemente foram liberadas pelo juiz Sergio Moro as delações do ex-ministro Antonio Palocci, há 6...

O STF e o Golpe

O STF e o Golpe

O golpe de Estado no Brasil progride com contradições, mas progride. Já temos falado várias...

Voto nulo nas eleições golpistas #00confirma

Voto nulo nas eleições golpistas #00confirma

Na semana passada foi realizada na grande mídia uma campanha de desconstrução da candidatura de...

Mudança imperialista aos 45 minutos do 1.º tempo do jogo político no Brasil.

Mudança imperialista aos 45 minutos do 1.º tempo do jogo político no Brasil.

Por Florisvaldo Lopes O imperialismo, principalmente o norte-americano, que deu o golpe na dita “democracia”...

Haddad “adotado” pelos Rothschild?

Haddad “adotado” pelos Rothschild?

É corrente nos meios de comunicação de massas a afirmação de que as eleições deste...

Rachaduras na candidatura Bolsonaro

Rachaduras na candidatura Bolsonaro

O evento mais importante da semana foi a matéria de capa da revista The Economist,...

O roteiro golpista no Brasil

O roteiro golpista no Brasil

O golpe de Estado deve ser visto como um processo que começa em 2005 na...

A candidatura Haddad e as eleições golpistas

A candidatura Haddad e as eleições golpistas

Esta semana tivemos a oportunidade de observar como a burguesia manipula o processo eleitoral especificamente...

América Latina rumo ao precipício

América Latina rumo ao precipício

A crise capitalista mundial tem forte influência no Brasil e na América Latina. O centro...

Bolsonaro e os militares

Bolsonaro e os militares

  Na atual conjuntura, é muito válida a célebre máxima do grande filósofo alemão Friedrich...

Haddad, Bolsonaro e o Golpe

Haddad, Bolsonaro e o Golpe

O “atentado” contra Jair Bolsonaro, candidato à presidência da República pelo Partido Social Liberal (PSL),...

Venezuela – qual o significado das novas medidas econômicas?

Venezuela – qual o significado das novas medidas econômicas?

  Entrou em vigor, no dia 20 de agosto, o pacote de medidas econômicas adotas...

Aos trabalhadores brasileiros

Aos trabalhadores brasileiros

Por Florisvaldo Lopes Caros camaradas, Nesse momento em nosso país enfrentamos uma das maiores crises...

Bolsonaro - mais que uma facada

Bolsonaro - mais que uma facada

O recente ataque a Bolsonaro durante caminhada em Juiz de Fora/MG, acabou representando todo um...

Como se posicionar nas eleições golpistas?  #00Confirma

Como se posicionar nas eleições golpistas? #00Confirma

O candidato tucano do PT, Fernando Haddad, pode até decolar, mas vai encontrar muitos ataques...

É ilusão pensar que é possível repetir o governo Lula

É ilusão pensar que é possível repetir o governo Lula

  A propaganda eleitoral do Partido dos Trabalhadores está calcada em cima da perseguição política...

Lula com 40% e o imperialismo ainda não definiu seu candidato

Lula com 40% e o imperialismo ainda não definiu seu candidato

  Lula é líder absoluto nas pesquisas de intenção de voto para presidente da república....

Haddad X Bolsonaro no 2º turno?   #00confirma

Haddad X Bolsonaro no 2º turno? #00confirma

  Esta semana, as pesquisas de intenção de voto à Presidência da República deram a...

O que revelam as pesquisas eleitorais - #00confirma

O que revelam as pesquisas eleitorais - #00confirma

A esquerda ligada à política eleitoreira e de conciliação de classes tem impulsionado uma série...

#00confirma

#00confirma

A ditadura do judiciário fica cada vez mais clara em todos os sentidos, apesar deste...

O imperialismo e os donos da padaria

O imperialismo e os donos da padaria

Para quem diz que Alckmin é o candidato natural do imperialismo tem de ver que...

Gazeta Revolucionária [pdf]

 gr19 capa

Números Anteriores


AcordaTI 01capa  


 Acorda Vargem Grande 0 capa


Acorda Educador 0 capa