Quarta, 18 Julho 2018

china23

Na China, o sindicalismo é estatal. O movimento operário foi atrelado ao estado e se encontra praticamente paralisado, assim como acontece em todo o mundo. Eventualmente essa burocracia é ultrapassada por movimentos espontâneos dos trabalhadores, como aconteceu em 2013 na enorme greve da FoxConn, a empresa taiwanesa localizada no sul do País, e nos protestos contra a contaminação ambiental.

O único partido político legalizado é o Partido Comunista Chinês que, na propaganda, flerta com a democracia, a justiça social e inclusive com o socialismo.

As massas se encontram pacificadas por causa da geração de empregos que tem acontecido nas últimas décadas. Mais recentemente, na base, se encontra um gigantesco programa público de obras públicas que tem gerado, como efeito colateral, um gigantesco endividamento.

Neste momento, a China se encontra numa situação estável, da mesma maneira que acontece com os demais países na região Ásia-Pacífico, começando pelo Japão e a Coreia do Sul. Por exemplo, o governo Chinês tem evitado ao máximo atacar os trabalhadores e tem se esforçado em manter o nível de emprego com o objetivo de manter as massas pacificadas.

A mesma política pode ser vista no Japão em relação à questão da subida de impostos ao consumo, que passou, nos últimos dez anos, de 2,5% para 7%, apesar do governo querer aumenta-los para 15%. A movimentação tem sido extremamente cautelosa.

A Coreia do Sul é um país bastante estável e desenvolvido, mas está inundado de bases militares norte americanas, da mesma maneira que o Japão; há 50 mil soldados norte-americanos no Japão e 30 mil na Coreia do Sul.

Houve uma tentativa do imperialismo de colocar o Vietnã como uma alternativa à China, devido aos salários menores, principalmente com a entrada na OMC (Organização Mundial do Comercio) em 2007. Mas com a integração ao mercado mundial, os preços das commodities (matérias primas) têm disparado, impactando em cheio a capacidade de compra dos trabalhadores. Os salários saíram de US$ 40 e, hoje em dia, já se encontram acima dos US$ 200 e US$ 300 dependendo da região do País. O aumento dos salários também aconteceu no Camboja, que é um país hiper atrasado e onde há muito investimento chinês, mas que também está submetido às mesmas pressões do mercado mundial.

Na Tailândia, que é o país mais desenvolvido do Sudeste Asiático, a situação se encontra bastante estabilizada apesar do golpe militar. A origem do “sucesso” tailandês remonta à guerra do Vietnam, quando os Estados Unidos usaram o País como plataforma de bombardeio do Vietnam, Laos e Camboja. Após o colapso capitalista de 2008, e, principalmente, após o desastre de Fukushima, importantes plantas industriais japonesas migraram para a Tailândia, assim também como para a Malásia, para as Filipinas e para a Indonésia, onde os salários são muito menores que no Japão ou na Coreia do Sul.

Agora a bola da vez é Myammar, a antiga Birmânia, como alternativa de mão de obra barata, para a política do imperialismo de semi escravizar os trabalhadores com o objetivo de estabilizar as taxas de lucro. Os chineses também estão envolvidos para tentar manter a lucratividade e se consolidar como plataforma de exportação a partir do Novo Caminho da Seda. Eles poderão aprofundar ainda mais essa política quando o impacto da robótica na China começar a aparecer. O que ainda deverá ser visto é se, no contexto da piora generalizada da crise capitalista, a China conseguirá transformar-se numa economia que gire fundamentalmente em cima do próprio consumo interno e qual será o impacto disso.

Mas a dúvida fundamental, neste momento, sobre a Ásia é para onde vai essa “pax asiática”, que também envolve a Índia. Sem dúvida, neste momento, a China representa um dos grandes pontos de estabilidade do capitalismo mundial. Se bem o capitalismo nos países europeus, no Japão e nos Estados Unidos apresenta a economia um pouco engasgada, na China o que tem acontecido e continua acontecendo é um grande desenvolvimento capitalista, que agora começou a engasgar um pouco, em cima de um brutal endividamento generalizado. Mas num comparativo de hoje para 40 anos atrás, há um desenvolvimento descomunal.

O mesmo, mas em proporção muito menor, se poderia falar do Vietnã, um pouco menos de Camboja, um pouco menos sobre a Tailândia e a Malásia.

Portanto, há ainda uma certa gordura a ser queimada, com a qual o capitalismo poderia continuar funcionando com uma relativa pacificação das massas durante um período. Mas, por outra parte, a continuidade dessa situação é imprevisível. O que fez detonar a crise de 2008 foi a crise na especulação imobiliária, em um setor específico da especulação financeira, que acabou se espalhando para o mundo. Para onde vai o capitalismo mundial? A avaliação deve ser realizada conforme o desenvolvimento da própria crise. O grau de parasitismo é enorme. Somente os nefastos derivativos financeiros movimentam dez vezes mais que o PIB mundial. Continua a crescer o parasitismo especulativo.

A relação entre o desenvolvimento do parasitismo e o fator de estabilização da China na economia mundial, se relaciona com até que ponto as massas continuarão paralisadas e pacificadas, principalmente os operários chineses e os operários dos países desenvolvidos.

É quase impossível que os operários se mantenham paralisados por um longo período. Isso significaria que não existem mudanças qualitativas, apenas mudanças quantitativas, o que seria um absurdo. O desenvolvimento social não é assim. Em algum momento, um grande colapso capitalista vai estourar. E quanto mais demorar, o estouro tende a ser maior. Isso é uma das leis da dialética. O estouro de 2008 esteve relacionado com o acúmulo da crise, com a queda das taxas de lucro, com as guerras do Vietnã e do Iraque etc. Todos os problemas de crise estrutural estão na base do desenvolvimento da crise capitalista mundial, que temos como tarefa analisar em perspectiva no próximo período.

Qual é o impacto da China sobre o Brasil?

O Brasil é uma potência regional em decadência, principalmente devido ao grande ataque do imperialismo que está destruindo as empresas nacionais e tentando colocar um governo completamente pró imperialista.

A China tem funcionado como um receptáculo de matérias primas brasileiras, mas a tendência geral é que, com a crise, as exportações brasileiras possam ser afetadas, como aconteceu com o minério de ferro após a crise de 2008, por conta da menor capacidade de absorção do mercado chinês.

Hoje, há liquidez nos mercados mundiais devido à inundação com moeda podre pelos bancos centrais dos países imperialistas, principalmente os Estados Unidos. O Brasil se encontra cada vez mais apertado pela especulação financeira, assim como acontece com toda a América Latina, que é considerada pelo imperialismo norte-americano como seu próprio quintal. Esse aperto tende a repetir, em forma de espiral dialética, a crise dos anos 1980. A qualquer momento, o Brasil poderá enfrentar uma nova crise de capacidade de pagamento, de rolagem dos serviços da ultra corrupta e nunca auditada dívida pública. Um novo colapso capitalista mundial, que aparece de maneira cada vez mais clara no horizonte, tende a potencializar, e muito, este processo.

+ Política

O judiciário golpista e a liberdade de Lula

O judiciário golpista e a liberdade de Lula

No domingo, dia 8 de julho, fomos surpreendidos com o ato de um desembargador do...

A política do imperialismo alimenta a crise

A política do imperialismo alimenta a crise

A política mundial é um reflexo da crise econômica, ela tem papel de responder essa...

Luta operária e sindical no Brasil  - Parte II

Luta operária e sindical no Brasil - Parte II

Para entender qual deve ser a tendência da burocracia para o futuro dos sindicatos devemos...

A crise da direita e as contradições do golpe

A crise da direita e as contradições do golpe

  As ações golpistas, no Brasil, seguem no sentido do controle do regime político pelo...

A esquerda ornitorrinco e as eleições de outubro

A esquerda ornitorrinco e as eleições de outubro

Seria importante, neste momento, que a esquerda pudesse evitar fazer a repetição da história como...

Luta operária e sindical no Brasil

Luta operária e sindical no Brasil

Para contextualizar dialeticamente os sindicatos e a luta operária devemos analisar a partir do início...

Nem Lula transferindo votos salva a esquerda da crise

Nem Lula transferindo votos salva a esquerda da crise

  A situação nacional está marcada por uma enorme crise econômica que atinge o país...

Para os amigos as benesses da lei, para os inimigos o rigor da lei!

Para os amigos as benesses da lei, para os inimigos o rigor da lei!

  A “luta contra a corrupção” não é nada mais do que uma desculpa utilizada...

O STF no centro do furacão

O STF no centro do furacão

   Para avaliar em que ponto o golpe de Estado no Brasil se encontra hoje...

Na crise capitalista mundial: revolução cultural ou revolução proletária?

Na crise capitalista mundial: revolução cultural ou revolução proletária?

  A esquerda pequeno-burguesa promove a ideia de que a revolução seria feita pelo conhecimento,...

Contagem regressiva para a guerra mundial

Contagem regressiva para a guerra mundial

Após a crise capitalista mundial de 2008 as contradições interimperialistas começaram a aumentar, principalmente entre...

A Rede Globo e o FBI

A Rede Globo e o FBI

  Desde a crise de 2008 o mundo não e mais o mesmo, os grandes...

Copa do Mundo e Golpe de Estado

Copa do Mundo e Golpe de Estado

É absolutamente normal que a burguesia, principalmente sua ala direita, promova manipulações utilizando o futebol...

Voto Nulo nas Eleições Golpistas!

Voto Nulo nas Eleições Golpistas!

Estamos vivendo, hoje, no Brasil, um processo político de golpe de Estado. Apesar de que...

A Coreia do Norte e a crise mundial

A Coreia do Norte e a crise mundial

Para entender a crise geral que está aberta é preciso entender a evolução política mundial...

Estava cheia de si e dormiu

Estava cheia de si e dormiu

 A situação nacional ainda está marcada pela ressaca do movimento dos caminhoneiros. Aumentou o desgaste...

Ciro Gomes com o pé na lama

Ciro Gomes com o pé na lama

A crise política no Brasil dispara como reflexo da crise econômica. Os candidatos da direita...

A crise da direita é a crise da dominação capitalista

A crise da direita é a crise da dominação capitalista

O problema no Brasil deve ser sempre entendido dentro da evolução da crise capitalista mundial...

Os caminhoneiros e a guerra híbrida

Os caminhoneiros e a guerra híbrida

O ponto central do balanço é se essa greve foi uma greve em si, se...

Bate continência aqui e mantenha o respeito

Bate continência aqui e mantenha o respeito

Reunião de militares candidatos em Brasília, dia 8 de maio de 2018 Apareceram nos últimos...

A crise capitalista na Itália

A crise capitalista na Itália

 Há dez anos da crise de 2008, a economia capitalista mundial vem se mantendo em...

E por falar na CIA

E por falar na CIA

  O regime político no Brasil e no mundo avança para um regime mais duro,...

A esquerda sobre rodas

A esquerda sobre rodas

    O movimento dos caminhoneiros, ocorrido nos últimos dias de maio, colocou o governo...

A Crise na Venezuela

A Crise na Venezuela

A Venezuela é um caso muito interessante, sui generis. Foi o primeiro país a entrar...

 A política de terra arrasada para a Petrobras

A política de terra arrasada para a Petrobras

  A política que tem sido aplicada na Petrobras é uma política de terra arrasada...

A "frente popular" e o balaio de gatos

A "frente popular" e o balaio de gatos

A política real do PT, que encabeça a Frente Popular, é a política de Frente...

A crise das eleições e da "legalidade" golpista

A crise das eleições e da "legalidade" golpista

  Nesses dias se "comemorou" dois anos de governo Temer no Brasil. Neste governo Temer o...

A verdade sobre a  luta contra a corrupção

A verdade sobre a luta contra a corrupção

  Em primeiro lugar o imperialismo norte americano assim como o imperialismo como um todo,...

Pela unificação das lutas dos trabalhadores rumo a uma Greve Geral

Pela unificação das lutas dos trabalhadores rumo a uma Greve Geral

  Era certo que, mais dia, menos dia, aconteceria um movimento de protesto dos caminhoneiros...

A esquerda integrada ao regime

A esquerda integrada ao regime

Marx estabeleceu uma luta muito grande contra os setores oportunistas dentro do movimento operário europeu...

A crise do regime político

A crise do regime político

  A teoria fundamental sobre o Estado burguês foi colocada amplamente na Ideologia Alemã, no...

A luta de classes

A luta de classes

  No Manifesto Comunista, escrito em 1848, Marx e Engels distinguem as classes sociais fundamentais...

Argentina: o elo mais fraco

Argentina: o elo mais fraco

    O governo Macri é uma verdadeira escola de neoliberalismo tentando aplicar as políticas...

A crise capitalista total

A crise capitalista total

  A teoria da crise capitalista está bem desenvolvida justamente nesse colosso do marxismo que...

O resto do mundo e o Oriente Médio

O resto do mundo e o Oriente Médio

Ao aprofundamento da crise capitalista nos países desenvolvidos tem se somado a crise de países...

O aprofundamento da crise na América Latina

O aprofundamento da crise na América Latina

    No Brasil, em 1997, houve uma situação parecida com a da Argentina hoje,...

Geraldo Alkmin, dois passos para o alvo

Geraldo Alkmin, dois passos para o alvo

  Agora, o que está acontecendo, dentro da caixa de Pandora aberta pela Operação Lava...

Mortes e prisões no dia do trabalhador

Mortes e prisões no dia do trabalhador

  A política oficial do PT teve como resultado um 1 º de maio, em...

O desespero petista

O desespero petista

    O 1 º de maio de 2018 representou um divisor de águas, marcou...

Quem poderia atender melhor o imperialismo?

Quem poderia atender melhor o imperialismo?

Há uma luta entre alas da burguesia. A Procuradora-Geral da República, Raquel Dodge, aderiu ao...

O primeiro motor do golpe

O primeiro motor do golpe

De acordo com a revista The Economist, de 28 de janeiro de 2017, a taxa...

Um golpe sem pausas

Um golpe sem pausas

    No último período, o golpe de Estado no Brasil, continua se desenvolvendo a...

A América Latina nas garras do imperialismo

A América Latina nas garras do imperialismo

A política do imperialismo norte-americano para a América Latina é única. Não se trata de...

O imperialismo quer um Bonaparte para governar o Brasil

O imperialismo quer um Bonaparte para governar o Brasil

Além do que está na linha de frente do golpismo, há o que está na...

A insustentável defesa do menchevismo

A insustentável defesa do menchevismo

As atividades do 1º de maio de 2018 demonstraram o fracasso absoluto da frente popular,...

A paralisia vai durar até quando?

A paralisia vai durar até quando?

  Até esse momento, o imperialismo ainda não impulsionou grandes mobilizações de massas dirigidas pela...

Não se trata da luta do bem contra o mal

Não se trata da luta do bem contra o mal

  O imperialismo organiza sua política para aumentar os ataques contra as massas A esperança...

1º de Maio de 2018 foi um fiasco no Brasil

1º de Maio de 2018 foi um fiasco no Brasil

   O fiasco do 1º de Maio no Brasil mostrou a evidente crise da política...

O fim do governo Temer e a prisão de Aécio Neves

O fim do governo Temer e a prisão de Aécio Neves

  A crise política avança no Brasil. O governo Temer está liquidado. Tanto é assim...

Três projetos políticos que enganaram o povo brasileiro

Três projetos políticos que enganaram o povo brasileiro

Por Florisvaldo Lopes Claro que desde sempre o eleitor é enganado com os discursos demagógicos...

Nacional

O judiciário golpista e a liberdade de Lula

18 Julho 2018
O judiciário golpista e a liberdade de Lula

No domingo, dia 8 de julho, fomos surpreendidos com o ato de um desembargador do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), que funciona como segunda instância da "República de...

Luta operária e sindical no Brasil - Parte II

13 Julho 2018
Luta operária e sindical no Brasil  - Parte II

Para entender qual deve ser a tendência da burocracia para o futuro dos sindicatos devemos analisar dialeticamente o sindicalismo no Brasil. A ditadura Vargas do Estado Novo nos anos 40...

Luta operária e sindical no Brasil

06 Julho 2018
Luta operária e sindical no Brasil

Para contextualizar dialeticamente os sindicatos e a luta operária devemos analisar a partir do início da organização sindical no Brasil que ocorre ainda em meados do século XIX com o...

Estava cheia de si e dormiu

14 Junho 2018
Estava cheia de si e dormiu

 A situação nacional ainda está marcada pela ressaca do movimento dos caminhoneiros. Aumentou o desgaste do governo Temer e este só se mantém no cargo devido a que estamos a...

Ciro Gomes com o pé na lama

14 Junho 2018
Ciro Gomes com o pé na lama

A crise política no Brasil dispara como reflexo da crise econômica. Os candidatos da direita e da esquerda integrada ao regime estão inviabilizados e os votos brancos e nulos dispararam....

Gazeta Revolucionária [pdf]

Saiba Mais

Massacre ao povo palestino (parte...

A Intifada palestina     Intifada significa revolta, ou literalmente...

Massacre ao povo palestino (parte...

A criação do Estado de Israel Não foi da noite...

Massacre ao povo palestino (parte...

Sionismo praticando a necropolítica em Gaza     A propósito,...

Massacre ao povo palestino (parte...

Nakba, 70 anos de assassinatos No dia 14 de maio...