Segunda, 18 Junho 2018

(18/07/2017)

 stf

A crise capitalista mundial é gigantesca, brutal. A economia não sai do chão e não consegue mais extrair lucros da produção.

Para o grande capital, para as 157 famílias que dominam o mundo,  só existe uma receita real para se salvarem da crise – a que sempre foi aplicada desde 1847, desde a primeira grande crise capitalista geral: a destruição das forças produtivas. Estão aplicando essa política de maneira acelerada, não produzem, rebaixam os salários, só produzem armas, especulam de maneira brutal no mercado financeiro, etc. Isso tudo representa a destruição de forças produtivas, mas para o grande capital, apenas essas medidas não estão sendo suficientes. Eles precisam, nesse momento, criar uma grande guerra mundial para poder, em cima de uma grande destruição, fazer girar a economia durante certo período por meio do esforço de reconstrução. Essa é uma das leis fundamentais do capitalismo que somente pode levar a uma grande guerra com uma grande destruição.

O Brasil se encontra na linha de frente da crise capitalista mundial. Os norte-americanos dominam o Brasil e a América Latina e querem colocar o Brasil para repetir a história de 1964, ou seja, fazer do país uma espécie de “laboratório”, a partir de onde implantariam, novamente, outras ditaduras ferozes na América Latina inteira.

Está colocado para o próximo período, obviamente de uma maneira não linear, o que seria a terceira etapa do golpe, que implica num golpe de cunho burocrático policial, por fora do parlamento. Um golpe de tipo bonapartista, com ou sem o Exército. A evolução da situação política se dará, nesse sentido, seja por uma via institucional ou por uma via não institucional.

As delações da JBS, que aconteceram no início do mês de maio, impuseram um grande golpe contra o regime político brasileiro atual. O que vier de agora em diante, seja Michel Temer, seja Rodrigo Maia, será um governo de enorme crise. Para superar essa convulsão, momentaneamente, só por meio da terceira etapa do golpe ou pela revolução proletária. Esta poderá ser contida por meio da contrarrevolução aberta ou por meio de um regime nacionalista, ou de uma frente popular.

A terceira etapa do golpe somente pode conduzir, inclusive em escala mundial, para uma ditadura muito mais dura, de militarização da sociedade, rumo a uma guerra mundial (generalizada) ou, pelo menos, de grandes proporções. Implicaria em militarizar a economia, em transformar todos os trabalhadores em soldados. As armas são produzidas para serem usadas, o que somente pode acontecer por meio de uma guerra de grandes proporções.

Nacional

Estava cheia de si e dormiu

14 Junho 2018
Estava cheia de si e dormiu

 A situação nacional ainda está marcada pela ressaca do movimento dos caminhoneiros. Aumentou o desgaste do governo Temer e este só se mantém no cargo devido a que estamos a...

Ciro Gomes com o pé na lama

14 Junho 2018
Ciro Gomes com o pé na lama

A crise política no Brasil dispara como reflexo da crise econômica. Os candidatos da direita e da esquerda integrada ao regime estão inviabilizados e os votos brancos e nulos dispararam....

Os caminhoneiros e a guerra híbrida

09 Junho 2018
Os caminhoneiros e a guerra híbrida

O ponto central do balanço é se essa greve foi uma greve em si, se foi motivada pela base, ou se ela foi um lockout patronal. Verificamos que a grande...

Bate continência aqui e mantenha o respeito

09 Junho 2018
Bate continência aqui e mantenha o respeito

Reunião de militares candidatos em Brasília, dia 8 de maio de 2018 Apareceram nos últimos dias a revelação dos telegramas secretos dos EUA, documentos da CIA, onde se relatam a...

A política de terra arrasada para a Petrobras

03 Junho 2018
 A política de terra arrasada para a Petrobras

  A política que tem sido aplicada na Petrobras é uma política de terra arrasada que basicamente passa pela política imposta pelo imperialismo de entregar a empresa para os monopólios...

Gazeta Revolucionária [pdf]

Saiba Mais

Massacre ao povo palestino (parte...

A Intifada palestina     Intifada significa revolta, ou literalmente...

Massacre ao povo palestino (parte...

A criação do Estado de Israel Não foi da noite...

Massacre ao povo palestino (parte...

Sionismo praticando a necropolítica em Gaza     A propósito,...

Massacre ao povo palestino (parte...

Nakba, 70 anos de assassinatos No dia 14 de maio...

A economia vai de mal...

  A inflação no Brasil teria caído para 3%, segundo...