Sábado, 15 Dezembro 2018

Por Florisvaldo Lopes


filanoscorreios

Filas nos CDD’s para retirada de encomendas. Várias denúncias dos próprios carteiros de que as encomendas tipo faturas já são liberadas para eles com o prazo de vencimento estourado, chegando atrasadas nas casas dos clientes. Sucateamento dos CDD’s, CTO’s, com os prédios deteriorados apresentando péssimas condições de trabalho. Veículos sem manutenção.

Essa é uma política para sucatear os Correios, que busca depredar a empresa e para jogar a população contra os carteiros, para facilitar sua entrega para o grande capital a preço de banana. Com essa política a população começa a achar que é melhor privatizar mesmo.

Por outro lado, as agências franqueadas, que só fazem o serviço lucrativo e de fácil entrega, tipo SEDEX, e que representam pouco mais de 22% do total dos Correios, levam quase a metade dos lucros. As metas absurdas e truculentas têm como objetivo aplicar a política da ECT de entregar para as franquias as agências que não atingirem 80% dos valores estipulados.

Trata-se exatamente da mesma política aplicada em todas as privatizações que aconteceram durante os governos de FHC. Essa política foi mantida, de maneira mais “suavizada”, pelos governos do PT com nomes de PPP’s (Parcerias Público Privado) ou “concessões”.

Agora, com Paulo Guedes, o Chicago Boy, o superministro “norte-americano” de Bolsonaro, o objetivo é entregar até a última gota de sangue dos brasileiros à especulação financeira.

A burocracia sindical faz matérias e distribui boletins denunciando o sucateamento, porém não faz um trabalho sério de base, promovendo a organização por local de trabalho para se mobilizarem por melhores salários, melhores condições de trabalho e contra a privatização.

A política da burocracia sindical não passa de um verniz para enganar o trabalhador e ameaçar a empresa até que essa a chame para fazer um acordo e assim manter os privilégios.

Essa condução da liderança dos trabalhadores contribui para o sucateamento e para cada vez mais aumentar o transtorno da população que não recebe suas correspondências em dia, que tem que buscar as encomendas no CDD e que paga caro por um serviço que não dá o retorno necessário.

Contra a privatização dos Correios!
Pela reestatização de todos os serviços postais!
Fim das terceirizações já!
Pela incorporação dos terceirizados como funcionários dos Correios!
Fora a burocracia dos nossos sindicatos!

Gazeta Revolucionária [pdf]

 gr19 capa

Números Anteriores


AcordaTI 01capa  


 Acorda Vargem Grande 0 capa


Acorda Educador 0 capa