Segunda, 18 Junho 2018

Por Mario Medina                         

doriapsdbO prefeito e presidenciável tucano João Doria sancionou n  dia 4 de outubro, o projeto de lei que libera a concessão de terminais de ônibus, Mercado Municipal, Bilhete Único e alguns parques da cidade. Em evento para sanção do projeto, Doria disse que o secretário de desestatização, Wilson Poit, tem sido procurado por uma série de prefeitos interessados em aplicar o modelo privatista. Doria finalizou afirmando que "É o exemplo de São Paulo servindo ao país". Logo se vê que o crápula em forma de prefeito pretende se viabilizar como o candidato dos patrões ao planalto.

A briga interna no PSDB é entre Doria e o sujeito que o apadrinhou politicamente quando do lançamento de sua candidatura à Prefeitura de São Paulo. Fustigado pela oposição em vista de processos em que é acusado de ilícitos, Alckmin perdeu a chance de figurar como unanimidade no partido após a desgraça na qual Aécio foi atirado. Este sim é carta fora do baralho em termos de eleição presidencial.

Em São Paulo, Doria tem aplicado uma gestão duramente privatista e repressiva. Com apoio massivo na câmara de vereadores, tendo fatiado as subprefeituras entre figurões do espectro mais reacionário possível. Doria lançou a cidade nas mãos da iniciativa privada e tem feito enorme tour Brasil afora, e inclusive no exterior, alternando entre eventos com empresários, onde vende São Paulo na maior cara larga, e eventos nitidamente auto-promocionais, onde tem lançado mão do palavrório neoliberal que tanto agrada aos "investidores", leia-se parasitas. Nestes eventos, além de advogar um completo desmonte do patrimônio público, Doria se vale de discurso anti-comunista e falso-moralista; logo ele, tão habituado às tramoias do meio empresarial brasileiro. São os imorais querendo falar de moral.

A ofensiva privatista segue em curso, num laboratório do que esses picaretas pretendem aplicar em escala nacional. A bola da vez agora é o projeto de lei que está sendo lançado hoje, que inclui o autódromo de Interlagos, um dos negócios da China da iniciativa privada em São Paulo, junto ao Estádio do Pacaembu e do complexo do Anhembi, que já foram entregues em aprovação na câmara de vereadores.

Nacional

Estava cheia de si e dormiu

14 Junho 2018
Estava cheia de si e dormiu

 A situação nacional ainda está marcada pela ressaca do movimento dos caminhoneiros. Aumentou o desgaste do governo Temer e este só se mantém no cargo devido a que estamos a...

Ciro Gomes com o pé na lama

14 Junho 2018
Ciro Gomes com o pé na lama

A crise política no Brasil dispara como reflexo da crise econômica. Os candidatos da direita e da esquerda integrada ao regime estão inviabilizados e os votos brancos e nulos dispararam....

Os caminhoneiros e a guerra híbrida

09 Junho 2018
Os caminhoneiros e a guerra híbrida

O ponto central do balanço é se essa greve foi uma greve em si, se foi motivada pela base, ou se ela foi um lockout patronal. Verificamos que a grande...

Bate continência aqui e mantenha o respeito

09 Junho 2018
Bate continência aqui e mantenha o respeito

Reunião de militares candidatos em Brasília, dia 8 de maio de 2018 Apareceram nos últimos dias a revelação dos telegramas secretos dos EUA, documentos da CIA, onde se relatam a...

A política de terra arrasada para a Petrobras

03 Junho 2018
 A política de terra arrasada para a Petrobras

  A política que tem sido aplicada na Petrobras é uma política de terra arrasada que basicamente passa pela política imposta pelo imperialismo de entregar a empresa para os monopólios...

Gazeta Revolucionária [pdf]

Saiba Mais

Massacre ao povo palestino (parte...

A Intifada palestina     Intifada significa revolta, ou literalmente...

Massacre ao povo palestino (parte...

A criação do Estado de Israel Não foi da noite...

Massacre ao povo palestino (parte...

Sionismo praticando a necropolítica em Gaza     A propósito,...

Massacre ao povo palestino (parte...

Nakba, 70 anos de assassinatos No dia 14 de maio...

A economia vai de mal...

  A inflação no Brasil teria caído para 3%, segundo...